Entidade afirma que há condições para realização do evento e mantém a prova no calendário

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) informou nesta quinta-feira (12) que o GP do Bahrein está confirmado para acontecer no próximo dia 22 de abril, como estava programado. Diversos protestos no país tentavam forçar o cancelamento do evento , assim como aconteceu no ano passado.

Leia também: Ecclestone assegura realização do GP do Bahrein

O país passa por uma conturbada situação político-social e, de acordo com a FIA, foi alvo de uma missão de investigação liderada por Jean Todt. “O presidente Jean Todt liderou uma missão investigativa no Reino do Bahrein em novembro de 2011, com um grande número de formadores de opinião”. De acordo com o comunicado, estiveram presentes membros do parlamento do país, embaixadores da União Europeia, e o príncipe herdeiro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

A FIA informou que, após a visita, “todos expressaram o desejo de realizar o GP em 2012, e desde então, manteve contato com os interessados” e “desde então, nenhum pedido do cancelamento do Grand Prix do Bahrein foi feito”.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Por fim, confirma que “está convencida de que todas as medidas adequadas de segurança estão em vigor para a execução do GP de Fórmula 1 no Bahrein. Portanto, a FIA confirma que o GP do Bahrein vai avançar como o previsto”.

O comunicado da FIA reafirma o que Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1 já havia dito. Também nesta quinta-feira (12), Ecclestone assegurou que a categoria vai mesmo ao país árabe em 2012 .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.