Tamanho do texto

Lewis e Vettel se tocaram logo após a largada, mas britânico conseguiu permanecer na parte da frente e superou Raikkonen no braço para vencer

Lewis Hamilton, piloto da Mercedes e atual campeão, venceu neste domingo (2) o Grande Prêmio de Monza de Fórmula 1 . O britânico conseguiu quebrar a soberania da Ferrari, que tinha largado na ponta, com dobradinha de Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel.

Lewis Hamilton venceu GP de Monza de 2018 e abriu vantagem na liderança sobre Vettel
Divulgação
Lewis Hamilton venceu GP de Monza de 2018 e abriu vantagem na liderança sobre Vettel

Raikkonen, que largou na pole , foi o grande protagonista da prova e ficou com o segundo lugar, seguido por Valtteri Bottas, após uma penalização a Max Verstappen. O resultado na casa da Ferrari deixa Hamilton com 256 pontos, 30 a mais do que Sebastian Vettel, que terminou na quarta colocação neste domingo em Monza após largar em segundo.

"A Ferrari colocou um grande desafio. Um grande agradecimento aos meus fãs - eles me inspiram muito", disse o brtiânico logo após sair do carro. Segundo colocado, Kimi reclamou dos pneus: "Penso que éramos rápidos o suficiente, mas nossos pneus traseiros acabaram e foi uma batalha perdida desde aquele ponto".

Com esta, Lewis chegou à quinta vitória em Monza. Nesta temporada, ele venceu seis provas.

Leia também: Calendário da Fórmula 1 para 2019 é divulgado; Saiba onde serão as corridas

Momentos importantes da vitória de Hamilton

Hamilton ultrapassa Raikkonen para vencer o GP de Monza de 2018
REPRODUÇÃO/F1
Hamilton ultrapassa Raikkonen para vencer o GP de Monza de 2018

O líder do mundial foi pra cima dos pilotos ferraristas após largar na terceira posição. Foi na segunda chicane que ele se chocou com Vettel, mas conseguiu permanecer em segundo lugar, enquanto o alemão caiu para as últimas posições.

Após o safety car e relargada, Lewis até conseguiu ultrapassar o "Homem de Gelo", mas ele devolveu a manobra na sequência. O britânico foi para os boxes somente após 28 voltas, mas voltou atrás de Bottas e Raikkonen.

Leia também: Vettel bate sua Ferrari durante evento na Itália e "culpa" Kimi Raikkonen; vídeo

Enquanto Vettel fazia corrida de recuperação e já aparecia na quinta posição, Hamilton sabia que precisaria de braço para superar o finlandês. E após a reta dos boxes, ele conseguiu colar no então líder, abriu a asa móvel e ultrapassou na primeira curva, a oito voltas do fim. Depois disso, ele administrou para conseguir nova vitória.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.