Tamanho do texto

Norte-americana ficou afastada sete meses, depois de sofrer acidente com a delegação do Vôlei Futuro

Divulgação/FIVB
Stacy faz oração antes de entrar em quadra pela seleção dos EUA no Grand Prix de 2010
A líbero Stacy Sykora está de volta às quadras brasileiras, após sete meses longe do Vôlei Futuro . No último dia 14 de abril, o ônibus que levava a delegação feminina do clube para disputar a semifinal da Superliga contra o Osasco perdeu o controle e acabou tombando. A norte-americana sofreu um corte profundo na cabeça, o que provocou um traumatismo crânio-encefálico e deixou a atleta 25 dias internada.

Leia mais:  Ônibus com a delegação do Vôlei Futuro tomba em Osasco

“Estava sentindo muita falta deste time, quero jogar sempre, me sinto muito bem aqui. No Brasil me sinto a Stacy de verdade, me sinto em casa!”, foram as palavras da norte-americana, minutos antes de entrar para o seu primeiro treino em Araçatuba, que contou com a presença da torcida local.

Durante o período em que ficou afastada, a jogadora ficou treinando nos Estados Unidos , na cidade de Anahein, junto com a seleção norte-americana. Com o corte na lista do grupo que disputa a Copa do Mundo , a atleta retornou ao Brasil .

“Nos Estados Unidos, não joguei nenhuma partida. Estava treinando forte, mas não sei da minha real condição. Estou me sentindo muito bem. Descansei bastante, tinha tempo para me cuidar, fazer as coisas que precisava, e por isso me sinto pronta”, comentou Stacy.

Blog Mundo do vôlei: E não é que o Brasil sabe usar as centrais!

Quando relembra do acidente a norte-americana diz que agora passa a encarar a vida de outra forma. "Tudo acontece por uma razão, estamos mudando sempre, e eu mudei muito depois de tudo o que aconteceu, antes minha vida era só o vôlei, agora enxergo outras coisas importantes. Estou cada dia melhor, a cada semana que passa me sinto diferente e melhor.”

Leia também:  Zé Roberto Guimarães elogia atuação defensiva do Brasil

Quanto ao futuro, a atleta ainda se mostra apreensiva. "Não sei como vai ser a minha volta às competições. Eu me sinto bem, mas preciso melhorar a cada treino. Antes de tudo acontecer eu queria muito jogar as Olimpíadas de Londres , e ainda quero muito, mas vamos deixar acontecer", disse Stacy.

Stacy Sykora foi recebida com festa por suas companheiras nesta segunda, em sua reapresentação ao Vôlei Futuro
Divulgação
Stacy Sykora foi recebida com festa por suas companheiras nesta segunda, em sua reapresentação ao Vôlei Futuro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.