Tamanho do texto

Seleção caribenha não conseguiu repetir a boa atuação que teve contra o Brasil e foi presa fácil

A Rússia derrotou Cuba com facilidade nesta quinta-feira por 3 sets a 0, parciais 25/20, 25/20 e 25/20, e está garantida na semifinal da Liga Mundial de vôlei , em Gdansk (Polônia). A equipe europeia, que também venceu os Estados Unidos, lidera o grupo F da fase final com seis pontos. Com duas vitórias na bagagem, a Rússia pode perder a partida para o Brasil, na manhã desta sexta-feira, e mesmo assim se irá classificar para as semifinais da competição. A disputa pela vaga na final será realizada neste sábado, dia 9.

Contra Cuba, a equipe europeia entrou bastante atenta, por causa da grande partida entre os cubanos e a seleção brasileira na primeira rodada da fase final - uma virada incrível do Brasil, por 3 sets a 2. Jogando com mais responsabilidade, os cubanos sentiram a pressão e não conseguiram surpreender os russos da mesma forma que fizeram com os brasileiros.

O capitão Khei, da Rússia, foi o maior pontuador da partida, com 16 pontos. Pelo lado de Cuba, o capitão Leon também foi essencial para sua equipe e terminou como maior marcador de sua seleção, com 12 tentos. Nesta partida, Cuba cedeu praticamente um set em erros: 23 pontos, enquanto os russos erraram 14 vezes. O bloqueio cubano não funcionou tão bem e a equipe sentiu a pressão de jogar contra a Rússia, time com a melhor campanha da fase classificatória da Liga Mundial.

Na última rodada dos grupos da fase final da competição, nesta sexta-feira, a Rússia duelará com o Brasil, enquanto Cuba enfrentará os Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.