Tamanho do texto

Jogando em casa, a equipe do campeão olímpico e mundial conseguir virar em três sets e vencer a Medley/Campinas

Garra. Foi a palavra mais repetida na vitória do Pinheiros/Sky sobre a Medley/Campinas em casa, pela décima rodada do returno da Superliga masculina 2010/2011. O time da capital venceu por 3 sets a 2, com parciais de 25/23, 21/25, 23/25, 25/20 e 18/16.

O Pinheiros conseguiu a virada no placar em todos os sets e, por isso, a determinação da equipe foi destacada após a partida. ""Agora era o momento de ter garra. Não tinha técnica, tática, era garra, não tinha outra coisa. Tínhamos de sair arrebentados do jogo. Parabéns a todos pela superação", afirmou o capitão Gustavo, eleito o melhor jogador em quadra.

O técnico Mauro Grasso concordou com o central. "A gente nunca teve um momento tão ruim na temporada como o de hoje. Jogadores machucados, pressão e o resultado adverso", disse o comandante, que não pode contar com o oposto Aranha e o ponteiro Tuba, lesionados, além de Giba, que ainda se recupera de um entorse no tornozelo .

"Se isso não provar que esses jogadores têm garra, nada mais prova. Tenho certeza de que essa atitude não será mais esquecida. Vamos manter essa garra durante toda a temporada", completou Mauro Grasso. 

O Pinheiros/Sky ocupa a sexta colocação na classificação geral da Superliga. Já a Medley/Campinas segue em oitavo lugar, fechando a zona de classificação aos playoffs.

Cimed vence e segue vice

Também na noite de quinta-feira, o Cimed venceu em casa o vice-lanterna São Caetano/Tamoyo por 3 sets a 0 (25/17, 25/19 e 25/21) em 1h26 de partida. João Paulo Tavares, com 12 bolas no chão, foi o maior pontuador do confronto.

A equipe catarinense, atual campeã nacional, segue em segundo lugar na tabela, atrás do Sesi-SP.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.