Tamanho do texto

Um triunfo por 3 a 0 ou 3 a 1 sobre o anfitrião Japão, na manhã deste domingo, assegura os brasileiros na Olimpíada

Bernardinho elogiou o crescimento do Brasil durante a partida contra a Polônia na madrugada deste sábado , pela Copa do Mundo de vôlei . O técnico ficou satisfeito com a evolução dos brasileiros nos fundamentos que levou à vitória de virada sobre os poloneses por 3 sets a 2. 

FIVB/Divulgação
Bernardinho rasga camisa de tensão durante partida contra a Polônia
"Foi uma batalha igual. Nós começamos tensos e errando e o bloqueio deles funcionou melhor do que o nosso, em função do nosso passe, que esteve abaixo do normal. A partir do terceiro set melhoramos a nossa performance e isso nos ajudou", destacou o treinador. 

O levantador Bruno foi um dos motores da equipe na virada deste sábado. Ele entrou em quadra no terceiro set e ajudou a mudar o panorama da partida. "Os poloneses jogaram muito bem nos dois primeiros sets e nós estávamos um pouco abatidos. Quando entrei, o [líbero] Serginho disse que era hora de agitar a partida e foi o que eu tentei fazer. Sabemos que não estamos fazendo uma Copa do Mundo como esperávamos, mas estamos na briga pela classificação", comentou. 

Maior pontuador do Brasil na partida, com 23 acertos, Leandro Vissotto também atribuiu a virada à entrada do levantador no terceiro set. "Começamos mal e a Polônia jogou muito bem. Depois a realidade do jogo mudou. O Bruno trouxe uma energia muito grande e mostramos a força do grupo. Agora ainda temos o jogo contra o Japão e vamos seguir lutando até o final", afirmou. 

A sofrida vitória sobre a Polônia deixou o Brasil mais perto da vaga olímpica. A equipe se manteve na terceira posição da tabela e só depende de si mesma para se garantir em Londres. Um triunfo por 3 a 0 ou 3 a 1 sobre o anfitrião Japão, na manhã deste domingo, assegura os brasileiros na Olimpíada.

"Agora temos que descansar, concentrar, estudar e pensar no Japão. O que todos nós esperamos é fazer uma grande partida amanhã e vamos trabalhar nesse sentido", comentou Bernardinho.