Tamanho do texto

Apesar de não ter jogado bem durante a maior parte do jogo, equipe de vôlei conseguiu a vitória em Cuiabá, pelo Sul-Americano

Jogando em Cuiabá, o Brasil conquistou a sua segunda vitória no Sul-Americano masculino de vôlei . Mesmo sem jogar o melhor do seu potencial nos dois primeiros sets, quando construiu placares apertados, a equipe nacional bateu o Chile por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/19 e 25/10.

Leia também: Na estreia, Brasil passeia contra o Uruguai

Bernardinho mudou o time em relação à estreia e colocou em quadra novidades como Wallace, Marlon e Murilo. Licão seguiu na equipe
Divulgação/CBV
Bernardinho mudou o time em relação à estreia e colocou em quadra novidades como Wallace, Marlon e Murilo. Licão seguiu na equipe

O Brasil começou o duelo em ritmo lento, indo para o primeiro tempo técnico perdendo por 8 a 7. A bronca do técnico Bernardinho, porém, acordou o time, que foi para a segunda parada em 16 a 10. Sem conseguir engrenar na parte final, os brasileiros sofreram, mas dois ataques seguidos de Murilo deram a vitória por 25 a 21.

Na segunda parcial, o cenário se repetiu. Os jovens chilenos mostravam muita disposição na recepção e dificultava cada ponto para o selecionado nacional. Mais uma vez, porém, Murilo teve boa presença e ajudou a fechar em 25/19.

No set final, a redenção. Completamente diferente, o time entrou mais solto dentro de quadra e conseguiu envolver a equipe adversária, que não mais conseguia colcoar a bola em jogo como antes. Assim, rápidos 25 a 10 selaram o segundo triunfo na competição.

Agora, o time de Bernardinho terá Paraguai e Colômbia, respectivamente quarta e quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília). A equipe nacional folga na sexta e, em seguida, terá seus confrontos mais complicados diante da Venezuela no sábado e da Argentina no domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.