Tamanho do texto

Câmeras devem ser instaladas nas linhas de fundo e na fita da rede para ajudar os árbitros

Tecnologia deve acabar com reclamações no vôlei
Getty Images
Tecnologia deve acabar com reclamações no vôlei

O vôlei seguirá o exemplo de esportes como tênis e futebol americano e adotará o uso de vídeo para tirar dúvidas nos próximos campeonatos mundiais masculino e feminino de 2014, que serão disputados na Polônia e na Itália, respectivamente.

Você concorda com o uso da tecnologia no vôlei? Deixe sua opinião!

O anúncio foi feito pelo presidente da FIVB (Federação Internacional de Vôlei), Wi Jizhong, neste sábado, antes da final feminina da Olimpíada de Londres, entre Brasil e Estados Unidos.

O dirigente usou como exemplo os saques e ataques cada vez mais fortes, que dificultam a visão dos árbitros. Câmeras devem ser instaladas nas linhas de fundo e na fita da rede. Jizhong só não explicou como o recurso de vídeo será utilizado, se a cada ponto duvidoso ou somente a partir do pedido de uma das equipes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.