iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

25/07 - 14:03

Brasil faz bonito, despacha a Rússia e está na final

Decisão da Liga Mundial será contra a Sérvia, que bateu os cubanos por 3 sets a 1, reeditando final de 2005

Gazeta Esportiva

BELGRADO (Sérvia) - Em uma de suas melhores partidas na Liga Mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei venceu a Rússia por 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/21 e 25/21, garantindo uma vaga na decisão da competição, programada para às 15h30 (horário de Brasília) deste domingo em Belgrado (Sérvia).

O adversário da equipe verde-amarela será a Sérvia, que venceu Cuba por 3 sets a 1, de virada. Se vencer, o Brasil chegará ao sétimo título na história da competição, igualando o recorde da Itália.

Diante dos gigantes russos, que possuem uma média de altura de 2,00m, os brasileiros mostraram grande volume de jogo, apesar de não contar com Rodrigão, que sofreu um estiramento no ombro esquerdo. O potente ataque rival, por sua vez, foi parado com bons saques - ao todo, a equipe nacional somou nada menos que oito aces.

Os atuais campeões do mundo começaram a partida com tudo, abrindo 4 a 0 no placar. Os russos, entretanto, logo trataram de reagir e foram para o primeiro tempo técnico à frente: 8 a 7.

O serviço brasileiro então brilhou e, através de um ace de Murilo, o time chegou aos 15 a 12. O Brasil não vacilou mais e passou a ganhar cada vez mais moral, como no 21º pontos, quando Vissotto virou um ataque proporcionado graças a uma bela defesa de Sergio Escadinha. Pouco depois, a parcial foi fechada em 25 a 17.

Disposta a não vender barato a vaga na final, a Rússia partiu com tudo para cima dos brasileiros no segundo set, abrindo 12 a 09. Porém, mais uma vez o saque verde-amarelo brilhou e Sidão empatou em 14 a 14. A virada não tardou a vir e, apesar de um rápido momento de desconcentração, o Brasil fez 25 a 21 com Giba, que mandou uma bomba no saque.

O terceiro set foi um show de ataques dos sul-americanos, que deram uma verdadeira aula aos adversários. Mesmo desanimados, os russos tentaram uma reação e diminuíram para três pontos uma vantagem que chegou a ser de sete, mas os brasileiros logo trataram de se impor novamente e fecharam o jogo com Giba, maior pontuador do jogo com 16 acertos.


Leia mais sobre: seleção brasileira masculina de vôlei Liga Mundial

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Brasileiros comemoram

Brasil 3 x 0 Rússia
Renovada seleção de Bernardinho arrasa Rússia e avança à decisão em Belgrado, na Sérvia

Topo
Contador de notícias