iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Vôlei

23/07 - 15:59

Bernardinho espera atuação melhor contra a Argentina
Para ele, a equipe precisará mudar de postura diante da Argentina, jogo que vale a classificação para as semifinais da Liga Mundial

Agência Estado

BELGRADO (Sérvia) - O técnico Bernardinho aprovou com ressalvas a atuação do Brasil na vitória por 3 sets a 1 sobre Cuba, nesta quinta-feira, na primeira partida da equipe na fase final da Liga Mundial, e precisa evoluir para enfrentar a Argentina, nesta sexta. "Tem alguns pontos em que ainda precisamos melhorar", afirmou o treinador, em entrevista coletiva logo após a partida, em Belgrado, na Sérvia.

Para ele, a equipe precisará mudar de postura diante da Argentina, jogo que vale a classificação para as semifinais da Liga Mundial. "Temos de jogar como eles fazem, com inteligência tática e muita consistência física, precisamos estar atentos a isso", completou o treinador, que destacou os bons números do Brasil no saque, com 12 pontos, e no bloqueio, com 17. "Foram os melhores fundamentos, fiquei satisfeito", concluiu.

O capitão Giba, que deixou a quadra no terceiro set e deu lugar a Thiago Alves, que marcou seis pontos diretos de saque, contou que os brasileiros esperavam por um jogo mais difícil. "Começamos com muita adrenalina, e Cuba, embora tenha um bom time, não parecia estar na mesma forma de outros jogos da primeira fase", analisou o ponteiro."Agora temos de esquecer esta partida e pensar na Argentina, que é um adversário completamente diferente", disse.

Do lado cubano, o veterano técnico Orlando Samuels admitiu que sua equipe não conseguiu lidar com a potência do saque brasileiro. "Cometemos muitos erros, nossa recepção não estava boa e o bloqueio não conseguiu trabalhar", lamentou. Agora, seu time torce por uma vitória do Brasil diante da Argentina, para terminar em segundo lugar no grupo. "Vamos ver o que acontece."


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias