Tamanho do texto

Tomas Berdych, Andy Roddick e Fernando Verdasco encontram dificuldades, mas mantêm favoritismos e avançam à terceira rodada

AP
Andy Roddick teve trabalho somente no primeiro set contra Igor Kunitsyn
Três tenistas 'top 10' do mundo tiveram que suar muito nesta quarta-feira para se manterem vivos no Aberto da Austrália. Tomas Berdych, sexto colocado no ranking da ATP, Andy Roddick, oitavo, e Fernando Verdasco, nono, bem que foram ameaçados, mas fizeram valer seus favoritismos na segunda rodada do primeiro Grand Slam de 2011.

O tcheco Berdych começou mal diante do alemão Philipp e perdeu o primeiro set por 4/6. O susto, no entanto, parece ter acordado o jogador, que mudou de postura em quadra. Após um 6/2 na segunda parcial, se impôs diante do rival, 35º da ATP, e, após fazer 6/3 e 6/4 nos sets seguintes, fechou a partida, que durou três horas e três minutos, em 3 a 1. O próximo oponente de Berdych será o francês Richard Gasquet, cabeça de chave número 28, que derrotou o compatriota Adrian Mannarino por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 7/6 (7-4) e 6/4.

Já o norte-americano Andy Roddick não chegou a perder um set, mas teve dificuldades na Arena Rod Laver. O oitavo tenista do mundo teve de salvar um duplo set point na primeira parcial, antes das coisas ficarem mais fáceis diante do , 99º colocado no ranking da ATP.

No final, vitória do norte-americano por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (9-7), 6/2 e 6/3, após duas horas e quatro minutos de jogo. Seu próximo adversário será o holandês Robin Haase, 62º do mundo, que bateu o argentino Juan Monaco, 28º, por 3 sets 1, com parciais de 6/4, 6/4, 3/6 e 6/2.

Mas nenhum deles sofreu tanto quanto o espanhol Verdasco. Diante do sérvio Janko Tipsarevic, o nono cabeça de chave perdeu as duas primeiras parciais (2/6 e 4/6) e se recuperou na terceira (6/4), mas precisou salvar três match points no quarto set. Porém, foi da situação mais delicada possível que abriu-se o caminho para a vitória.

Berdych acordou apenas no segundo set, mas se impôs sobre Kohlschreiber
AFP
Berdych acordou apenas no segundo set, mas se impôs sobre Kohlschreiber
Tipsarevic não aproveitou suas oportunidades e simplesmente parou de jogar, talvez sentindo a pressão ou por ter sua confiança abalada. Mas o fato é que Verdasco conseguiu levar o set para o tie-break e destruiu o rival por 7 a 0. Na quinta e decisiva parcial, nova demolição: 6/0. Depois de três horas e 52 minutos, vaga assegurada na terceira rodada. Agora o espanhol terá pela frente o japonês Kei Nishikori, 82º do ranking, que surpreendeu o alemão Florian Mayer, 36º, por 3 a 1, com 6/4, 6/3, 0/6 e 6/3.

Espanhóis se classificam
Além de Verdasco, a Espanha teve mais dois classificados nesta quarta. Nicolas Almagro ganhou do russo Igor Andreev por 3 a 2, com 7/5, 2/6, 4/6, 7/6 (10-8) e 7/5, após três horas e 54 minutos de jogo. Seu próximo rival será o croata Ivan Ljubicic, que também fez 3 a 2, com 6/3, 6/7 (2-7), 6/4 e 7/6 (7-5), no francês Benoit Paire.

Já o experiente Tommy Robredo fez 3 sets a 1, parciais de 1/6, 6/3, 6/3 e 6/3, no norte-americano Mardy Fish, 17º do mundo. Na terceira rodada, ele irá enfrentar o ucraniano Sergiy Stakhovsky, número 43 da ATP, que superou o polonês Lukasz Kubot com tranquilidade, por 6/3, 6/4 e 6/4.

Espanhol Fernando Verdasco precisou defender três match points antes de despachar sérvio Janko Tipsarevic
AFP
Espanhol Fernando Verdasco precisou defender três match points antes de despachar sérvio Janko Tipsarevic

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.