Tamanho do texto

Em parceria com a australiana Jarmila Gajdosova, brasileiro perdeu por 2 sets a 1 da dupla Tecau/Mattek-Sands

O Brasil não conta mais com representantes na disputa do Aberto da Austrália. Na madrugada desta quinta-feira, o experiente Bruno Soares e a australiana Jarmila Gajdosova chegaram a jogar o match tie-break, mas foram derrotados nas quartas de final da chave de duplas mistas do primeiro Grand Slam da temporada.

Leia também: Soares e Jarmila vão às quartas de final nas duplas mistas

Cabeça de chave número 8, a dupla formada pelo romeno Horia Tecau ao lado da norte-americana Bethanie Mattek-Sands venceu Soares e Gajdosova por 2 sets a 1, parciais de 4/6, 6/1 e 13-11. Na briga por uma vaga na decisão em Melbourne, eles enfrentam os indianos Sania Mirza e Mahesh Bhupathi, parceria que entrou como sexta pré-classificada.

O Aberto da Austrália foi o segundo torneio do Grand Slam disputado por Bruno Soares e Jarmila Gajdosova, que jogou com Thomaz Bellucci de forma bem sucedida em Roland Garros 2011. Na edição do ano passado do Aberto dos Estados Unidos, a parceria entre o duplista brasileiro e a musa australiana também chegou até as quartas final da chave de duplas mistas.

Leia mais sobre tênis no blog do Paulo Cleto

Em simples, Thomaz Bellucci, Ricardo Mello e João "Feijão" Souza tiveram vida curta no Aberto da Austrália. O mesmo aconteceu nas duplas com André Sá e Marcelo Melo, que também jogou as mistas, sem sucesso. O melhor representante do País foi Bruno Soares, quadrifinalista ao lado do norte-americano Eric Butorac nas parcerias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.