Tamanho do texto

Fora de casa, brasileiro foi superior a Marcel Felder e bateu seu adversário por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/2 e 6/3

Rogério Dutra da Silva, número 135 do ranking da ATP, começou com o pé direito para o Brasil, contra o Uruguai, pela fase de repescagem para o Grupo Mundial da Copa Davis. Nesta sexta-feira, o brasileiro foi superior a Marcel Felder e bateu seu adversário por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/2 e 6/3.

Forte já no início do jogo, que atrasou em função de problemas técnicos em Montevidéu, Rogerinho conquistou duas quebras no primeiro set, no quarto e oitavo games, e não teve dificuldades para fechar a primeira parcial. No segundo, já começou confirmando seu saque e, novamente com o domínio da partida, conquistou mais duas quebras.

No último set, embalado e confiante, o brasileiro não teve dificuldades para se recuperar e quebrar o uruguaio depois de ceder um game no serviço, logo o primeiro. Muito próximo da vitória, diminuiu o ritmo na devolução e encerrou a partida no saque.

O outro duelo desta sexta é do principal tenista brasileiro, Thomas Bellucci, contra Martin Cuevas, 624º no ranking, irmão mais novo de Pablo Cuevas, que desistiu em função de uma lesão ainda não recuperada totalmente.