Tamanho do texto

Tenista brasileiro é superado pelo ucraniano Illya Marchenko por 2 sets a 0. Em compensação, André Ghem e Caio Zampieri vencem

O torneio classificatório para o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, começou na madrugada desta quarta-feira com três brasileiros em ação. Rogério Dutra da Silva, cabeça de chave número 8, foi surpreendido, mas André Ghem e Caio Zampieri avançaram.

Eliminado pelo compatriota Thiago Alves na semifinal do Challenger de São Paulo na abertura da temporada, Rogerinho não passou da primeira rodada do quali. Sem ter seu serviço quebrado, o ucraniano Illya Marchenko venceu o brasileiro com parciais de 6/4 e 6/1.

Leia também: Del Potro vence e Isner é surpreendido em Sydney

Em um jogo com mais de 2h, André Ghem venceu o argentino Juan Pablo Brzezicki por 7/6 (7-5) e 7/6 (7-2). Aos 29 anos, o brasileiro busca uma classificação inédita à chave principal de um Grand Slam e agora pega o canadense Pierre-Ludovic Duclos, responsável por bater o argentino Facundo Bagnis, cabeça de chave número 28, por 3/6, 6/1 e 6/4.

Para completar as exibições da armada brasileira, Caio Zampieri ganhou do alemão Peter Torebko com parciais de 6/3 e 6/4. O tenista de 25 anos também tenta entrar na chave principal pela primeira vez e encara o holandês Jesse Huta Galung, que bateu o alemão Simon Greul, 26º favorito, por 6/3, 3/6 e 6/3.

O jovem Guilherme Clezar enfrentaria o norte-americano Alex Kuznetsov, mas o confronto foi adiado em função das instabilidade climática em Melbourne. Treinado por João Zwetsch, capitão do Brasil na Copa Davis, o tenista de 19 anos disputa o quali de um Grand Slam pela primeira vez na carreira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.