Tamanho do texto

Espanhol bateu Berdych nesta terça-feira e conquistou sua vaga para semifinal. Será 27º duelo contra Federer

Depois de uma partida muito dura, em que venceu o tcheco Tomas Berdych por 3 sets a 1 no Aberto da Austrália, o espanhol Rafael Nadal aumentou sua confiança para o duelo contra o suíço Roger Federer , pela semifinal do Grand Slam. "Jogamos muitas partidas e todas elas em momentos muito importantes para nossas carreiras e momentos muito altos", comentou o tenista.

Leia ainda: Wozniacki minimiza queda no ranking e ganha elogios da algoz Clijsters

Em 26 encontros entre os dois desde a temporada 2004, o espanhol ostenta 17 vitórias. "Então o jogo é especial. Eu não sei quantas partidas nós jogamos até hoje, mas a maioria era final ou semifinal, portanto todos os jogos contra ele são especiais", afirmou Nadal .

Embora Federer tenha um registro global de perder para Nadal, ele tem a vantagem de ter ganhado do espanhol no último confronto. Ele bateu o atual número dois do mundo por 6/3 e 6/0 nas semifinais do ATP de Londres em Novembro. "Federer está indo bem e jogando fantasticamente. Ele teve um final fantástico de temporada no ano passado. Então, ele virá com confiança. Será um jogo muito difícil para mim, mas eu vou tentar", apostou o espanhol.

Veja também: Galeria de fotos mostra o que os tenistas fazem fora das quadras na Austrália

Os dois disputarão a primeira das semifinais dos homens nesta quinta-feira. Nadal também elogiou seu rival desta terça-feira. "É difícil contra um jogador como Berdych, porque você não tem chances de voltar. Ele bateu a bola muito forte e muito plana. Foi muito difícil encontrar o ritmo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.