Tamanho do texto

Britânico derrotou o ucraniano Alexandre Dolgopolv e fatura primeiro título sob comando do técnico Ivan Lendl

O britânico Andy Murray conquistou na manhã deste domingo seu primeiro título na temporada 2012 do tênis. Mais uma vez observado por seu novo técnico, Ivan Lendl, ele derrotou o ucraniano Alexandr Dolgopolov na final do ATP 250 de Brisbane com facilidade: 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3, após 1h06min de partida.

Murray sacou bem. Com nove aces e vencendo 83% dos pontos em que acertou o primeiro serviço na quadra, foi quebrado pelo ucraniano apenas uma vez. Dolgopolov, por outro lado, cometeu quatro duplas faltas e perdeu seu saque em cinco oportunidades.

Veja também:  Bellucci vai estrear contra português em Auckland

"Ficou disputado no segundo set e eu me mantive focado. Ele estava usando seus golpes e acertou algumas bolas vencedoras, mas não deixei isso me afetar", celebrou Murray. "É bom porque eu poderia facilmente ter perdido na segunda rodada contra Gilles Muller, mas lutei para me recuperar e depois fiz três jogos bons. Sinto que estava engrenado no fim da semana", completou.

Na segunda rodada em Brisbane, Murray perdeu o primeiro set para o luxemburguês Gilles Muller e conseguiu vencer a segunda parcial apenas no tie-break. No terceiro set, o britânico confirmou seu favoritismo, venceu por 6/0 e ganhou o embalo para o restante do torneio.

Leia também:  Tsonga bate Monfils em duelo francês e conquista título em Doha

O título em Brisbane dá motivação extra para Murray buscar o primeiro título de Grand Slam de sua carreira, no Aberto da Austrália, a partir do dia 16 de janeiro. Ele chegou à final do torneio nos dois últimos anos, mas acabou derrotado por Novak Djokovic, em 2011, e Roger Federer em 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.