Tamanho do texto

Número 4 do ranking tenta agora reforçar seu moral sob os olhares de seu novo treinador, o tcheco Ivan Lendl

Getty Images
Andy Murray venceu Bernard Tomic por 2 sets a 0 em pouco mais de 1h
O escocês Andy Murray avançou à final do torneio de Brisbane ao vencer sem dificuldades neste sábado o australiano , com parciais de 6-3 e 6-2, em 1 hora e 10 minutos de partida. Seu adversário na decisão será o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que bateu o francês Gilles Simon também por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 6-4.

Após perder duas finais consecutivas no Aberto da Austrália, Murray, número 4 do ranking da ATP, tenta agora reforçar seu moral sob os olhares de seu novo treinador, o tcheco Ivan Lendl.

"Joguei muito bem hoje, e isso é muito importante contra Bernard. Também me movimentei muito melhor, o que é um fator importante em meu jogo. Quando me movimento bem, o resto do jogo vai bem", afirmou Murray, de 24 anos.

Já Dolgopolov precisou de fisioterapia durante o segundo set contra Simon, e jogou com uma atadura na coxa direita. Neste domingo, ele buscará sua primeira vitória sobre Murray, contra quem já duelou duas vezes.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.