Tamanho do texto

Quem também venceu nesta segunda-feira foram o francês Gael Monfils e o suíço Stanislas Wawrinka

Mesmo com um começo ruim de partida, o britânico Andy Murray conseguiu avançar à segunda rodada de Wimbledon, nesta segunda-feira. Ele perdeu o primeiro set para o espanhol Daniel Gimeno-Traver, mas recuperou-se, venceu 15 games seguidos e conquistou a vitória por 3 sets a 1, parciais de 4/6, 6/3, 6/0 e 6/0.

A partida foi a única do dia que continuou a ser realizada após o início da chuva em Londres, porque apenas a quadra central do All England Club, onde o jogo foi disputado, possui cobertura.

Na segunda rodada, Murray terá pela frente o vencedor do confronto entre o alemão Tobias Kamke e o esloveno Blaz Kavcic, que entram em quadra nesta terça-feira. Cabeça de chave 4, ele é a principal esperança da torcida local, que não vê um tenista britânico conquistar Wimbledon desde 1936, quando Fred Perry ficou com o título.

Quem também venceu nesta segunda-feira em Wimbledon foi o francês Gael Monfils, nono favorito ao título. Ele derrotou o alemão Matthias Bachinger por 3 sets a 0, parciais de 6/4, 7/6 (7-3) e 6/3, e terá pela frente o esloveno Grega Zemlja.

Já o suíço Stanislas Wawrinka marcou 3 sets a 0 (6/4, 6/3 e 6/3) sobre o italiano Potito Starace e avançou em Wimbledon. Seu próximo adversário é o italiano Simone Bolelli, que despachou o australiano Martin Fischer.

Murray em quadra: escocês começou devagar, mas contou com o apoio da torcida para massacrar o espanhol
Getty Images
Murray em quadra: escocês começou devagar, mas contou com o apoio da torcida para massacrar o espanhol

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.