Tamanho do texto

Espanhol precisou de 3h28min para passar por Ryan Sweeting com 3 sets a 2, enquanto o britânico anotou 3 sets a 0 contra francês

O espanhol David Ferrer esteve bem perto de ser eliminado do Aberto da Austrália nesta quinta-feira, mas conseguiu a virada sobre o americano Ryan Sweeting e garantiu vaga na terceira rodada do torneio. O quinto cabeça de chave do Grand Slam australiano venceu por 3 sets a 2, com parciais de 6/7(4), 6/2, 3/6, 6/2 e 6/3, em 3 horas e 28 minutos de jogo.

Leia também: Djokovic despacha colombiano Giraldo e avança na Austrália

O tenista espanhol não jogou bem e encontrou dificuldades para impor seu jogo contra Sweeting (68º), que como júnior ganhou o Aberto dos Estados Unidos em 2005. Ferrer, semifinalista do Aberto da Austrália no ano passado, começou a partida com vantagem de 5/2, mas permitiu que o americano crescesse e virasse para 7-6. No set seguinte, o espanhol se recuperou e fechou em 6/2.

Alterando altos e baixos, Ferrer foi batido novamente no terceiro set, ficando bem perto da eliminação. Quando a derrota parecia questão de tempo, o espanhol reuniu forças e concentração para vencer as duas parciais seguintes e garantir vaga na terceira fase. Ferrar lutará pela classificação às oitavas de final contra o argentino Juan Ignacio Chela.

Espanhol David Ferrer este próximo da eliminação, mas virou e avançou em Melbourne
AP
Espanhol David Ferrer este próximo da eliminação, mas virou e avançou em Melbourne

E ainda: Mello perde para Tsonga e é eliminado do Aberto da Austrália

Britânico Andy Murray venceu por 3 sets a 0
AP
Britânico Andy Murray venceu por 3 sets a 0
Já o britânico Andy Murray , quarto colocado no ranking mundial, não teve tantas dificuldades. Ele garantiu classificação para a terceira rodada do Aberto da Austrália ao bater o francês Edouard Roger-Vasselin.

Com facilidade, Murray fez 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/4, em 1 hora e 58 minutos de jogo.

Finalista das duas últimas edições do primeiro Grand Slam do ano, o tenista britânico sacou muito bem, aplicou 41 winners e não permitiu nenhuma quebra de serviço.

Na luta por uma vaga nas oitavas de final, Murray terá que vencer outro francês, Michael Llodra.