Tamanho do texto

Espanhol precisou de 3h28min para passar por Ryan Sweeting com 3 sets a 2, enquanto o britânico anotou 3 sets a 0 contra francês

O espanhol David Ferrer esteve bem perto de ser eliminado do Aberto da Austrália nesta quinta-feira, mas conseguiu a virada sobre o americano Ryan Sweeting e garantiu vaga na terceira rodada do torneio. O quinto cabeça de chave do Grand Slam australiano venceu por 3 sets a 2, com parciais de 6/7(4), 6/2, 3/6, 6/2 e 6/3, em 3 horas e 28 minutos de jogo.

Leia também: Djokovic despacha colombiano Giraldo e avança na Austrália

O tenista espanhol não jogou bem e encontrou dificuldades para impor seu jogo contra Sweeting (68º), que como júnior ganhou o Aberto dos Estados Unidos em 2005. Ferrer, semifinalista do Aberto da Austrália no ano passado, começou a partida com vantagem de 5/2, mas permitiu que o americano crescesse e virasse para 7-6. No set seguinte, o espanhol se recuperou e fechou em 6/2.

Alterando altos e baixos, Ferrer foi batido novamente no terceiro set, ficando bem perto da eliminação. Quando a derrota parecia questão de tempo, o espanhol reuniu forças e concentração para vencer as duas parciais seguintes e garantir vaga na terceira fase. Ferrar lutará pela classificação às oitavas de final contra o argentino Juan Ignacio Chela.

Espanhol David Ferrer este próximo da eliminação, mas virou e avançou em Melbourne
AP
Espanhol David Ferrer este próximo da eliminação, mas virou e avançou em Melbourne

E ainda: Mello perde para Tsonga e é eliminado do Aberto da Austrália

Britânico Andy Murray venceu por 3 sets a 0
AP
Britânico Andy Murray venceu por 3 sets a 0
Já o britânico Andy Murray , quarto colocado no ranking mundial, não teve tantas dificuldades. Ele garantiu classificação para a terceira rodada do Aberto da Austrália ao bater o francês Edouard Roger-Vasselin.

Com facilidade, Murray fez 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/4, em 1 hora e 58 minutos de jogo.

Finalista das duas últimas edições do primeiro Grand Slam do ano, o tenista britânico sacou muito bem, aplicou 41 winners e não permitiu nenhuma quebra de serviço.

Na luta por uma vaga nas oitavas de final, Murray terá que vencer outro francês, Michael Llodra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.