Tamanho do texto

Ex-líder do ranking mundial venceu Bernard Tomic por 3 sets a 0 e agora enfrenta o argentino Del Potro por uma vaga na semifinal

O suíço Roger Federer foi o responsável por parar o avanço de Bernard Tomic no Aberto da Austrália . Neste domingo, o ex-líder do ranking mundial superou a revelação local e se classificou às quartas de final do primeiro Grand Slam da temporada com uma vitória por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/2.

Federer comemora ponto contra revelação australiana: suíço tem Del Potro pela frente
Getty Images
Federer comemora ponto contra revelação australiana: suíço tem Del Potro pela frente

Tomic, de 19 anos de idade, é o principal tenista da Austrália e empolgou a torcida em seus primeiros jogos em Melbourne, ao vencer de virada suas três partidas anteriores no torneio, contra Fernando Verdasco, Sam Querrey e Alexandr Dolgopolov.

Leia tambémWozniacki derrota Jankovic com pneu e duela contra Clijsters

O confronto começou com boa disputa entre os dois tenistas e Federer utilizou sua experiência para vencer o set inicial. O suíço aproveitou o único break point da parcial e abriu vantagem contra o jovem tenista. A derrota no set fez Tomic desanimar e baixar o nível de seu jogo, tornando-se presa fácil para o maior vencedor de Grand Slams do tênis moderno.

Nas quartas de final, Federer tem duelo duro pela frente com o argentino Juan Martin Del Potro, algoz do alemão Philipp Kohlschreiber em sets diretos. Eles já se enfrentaram nove vezes pelo circuito profissional e a vantagem no retrospecto é do suíço, dono de sete vitórias.

Leia também:  Nadal vence Feliciano Lopez e avança no Aberto da Austrália

O argentino tem a seu favor a vitória no confronto mais memorável entre eles, na final do Aberto dos Estados Unidos de 2009. Na ocasião, Del Potro venceu após longa disputa em cinco sets e impediu que Federer conquistasse o título em Nova York pela sexta vez consecutiva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.