Tamanho do texto

Maior vencedor de Grand Slams e considerado por muitos o maior jogador da história do tênis, suíço completa sua terceira década de vida nesta segunda-feira

Uma lenda do tênis completa sua terceira década de vida nesta segunda-feira. Roger Federer, maior vencedor de Grand Slams e considerado por muitos o maior jogador da história deste esporte, faz 30 anos neste 8 de agosto. E se, por um lado, está longe de voltar ao topo do ranking da ATP, por outro, o suíço não está nem um pouco perto de deixar de ser temido em quadra.

Profissional desde 1998, Federer logo mostrou seu cartão de visitas ao mundo ao se tornar, no ano seguinte, o mais jovem da história a terminar uma temporada entre os 100 melhores da ATP. Até 2003, data de seu primeiro Grand Slam, passando por uma vitória sobre ninguém menos que Pete Sampras, foi uma subida sem escalas para a elite do tênis.

O reinado efetivo começou em 2004, quando terminou pela primeira vez o ano como número 1 do mundo. A partir daí, foram recordes atrás de recordes. O suíço soma 782 vitórias na carreira e conquistou 67 títulos, sendo 16 Grand Slams. É o segundo que mais permaneceu no topo do ranking: 285 semanas, apenas uma a menos do que Sampras.

Diante de uma carreira marcada por tantos troféus e premiações, o iG mostra algumas imagens dos bastidores desta brilhante trajetória:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas