Tamanho do texto

A final entre os dois países será uma reedição de 2008, quando os espanhois foram campeões da Copa Davis

Falta pouco mais de uma semana para grande final da Copa Davis entre Argentina e Espanha. O portenho Juan Martin del Potro treina forte para seu último compromisso na temporada e afirma que seu país está pronto para as partidas decisivas na casa do adversário, no próximo dia 28.

"Vamos jogar fora agora, contra jogadores como Rafa e Ferrer, que são caras incríveis, mas estamos preparados para encará-los", garantiu o tenista argentino. Del Potro quer muito a conquista para seu país, por isso deixou de participar de algumas competições e enfrenta uma maratona de treinos desde o ATP 500 de Valência, quando foi eliminado pelo espanhol Marcel Granollers, no começo do mês.

Veja também: "Síndrome do segundo semestre" faz Bellucci demitir técnicos

A final entre os dois países será uma reedição de 2008, quando a Espanha sagrou-se campeã depois de vencer os argentinos em Mar del Plata. Entretanto, Del Potro não quer que a história se repita, segundo ele, todas as finais são diferentes. "Desta vez vamos jogar no saibro, a superfície preferida deles, mas temos uma grande equipe", lembrou.

O 11º no ranking da ATP acredita na força de seu time, embora a Espanha seja a favorita por jogar dentro de seus domínios e contar com o número dois do mundo, Rafael Nadal. "Temos ótimos jogadores como Nalbandian e Chela. Quem sabe neste ano não podemos vencer", declarou confiante.

Este ano marcou o retorno do argentino as quadras. Em 2010, ele esteve afastado durante boa parte da temporada devido a uma lesão no punho, mas retornou bem e conquistou dois títulos em 2011. As conquistas renderam a subida no ranking, contudo, não foi suficiente para se classificar para o ATP Finals, que acontece em Londres.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.