Tamanho do texto

Nova regra da Federação Internacional também prevê raquetes mais leves e quadras menores para os tenistas mirins

AFP
Bolinhas amarelas serão eliminadas das competições para crianças até 10 anos de idade
As famosas bolinhas amarelas, que são usadas pelos tenistas mirins até os profissionais não farão mais parte do dia a dia das crianças. A ITF (Federação Internacional de Tênis) anunciou que serão utilizadas bolas mais lentas, de cores vermelha, laranja e verde, para competições com crianças de até 10 anos.

Leia mais: Monfils bate Nadal e fará final francesa com Tsonga

A nova regra faz parte do programa Tennis10s da entidade, que visa promover o uso de bolas mais lentas, raquetes menores e mais leves, além de quadras menores, para facilitar a adesão e prática do esporte entre as crianças.

Veja ainda: Federer desiste por lesão e Tsonga vai à final sem jogar

Dessa forma, as bolinhas com cores diferentes serão usadas em estágios do desenvolvimento de um jogador. A bola vermelha, feita de espuma ou feltro, é 75% mais lenta do que uma bola normal amarela, e é destinada a crianças de 5 a 8 anos em uma quadra de tamanho 12 x 6m. Já a bola laranja é 50 % mais lentas e destinadas a jogadores de 8 a 9 anos de idade em uma quadra com o tamanho de 18 x 6,5 m. Por fim, a bola verde é 25% mais lenta e é sugerida a jogadores mais avançados, de 9 a 10 anos de idade ou adultos iniciantes em uma quadra de tamanho normal.

Acompanhe tudo sobre o tênis no blog do Paulo Cleto

O Presidente da ITF, Francesco Ricci Bitti exaltou a mudança na regra para os tenistas mirins. “A mudança de regra é um grande passo para o tênis. O Tennis10s tem o objetivo de melhorar a forma como apresentamos o Tênis para crianças e segue mudanças semelhantes feitas em outros esportes. É ótimo já ver grandes resultados em termos de um aumento na participação", afirmou o mandatário da Federação.

Já o diretor executivo da entidade, Dave Miley, comentou sobre o sucesso com os testes feitos com as novas bolinhas. "Os países que já se adaptaram a essa nova regra, não só perceberam um aumento significativo na participação, mas também estão vendo um grande aumento nas vendas de raquetes para crianças e bolas mais lentas. Houve também uma grande melhoria na qualidade técnica e tática dos jogadores até 10 anos que vem através de programas de alto rendimento junior", disse Milley.

Esta foi apenas a quinta vez que as regras de Tênis foram alteradas na história do esporte (na sequência: regra do foot fault, a introdução do tiebreak, a introdução de pausas ao final de cada set e novos métodos de pontuação opcional).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.