Tamanho do texto

Nesta terça, o brasileiro bateu dinamarquês Frederik Nielsen. "Passei a comandar mais os pontos"

selo

AP
Thomaz Bellucci, que quebrou série negativa de quatro jogos, não vencia uma partida desde 13 de março
Após ter trabalho em sua estreia no ATP 250 de Estoril, o brasileiro Thomaz Bellucci disse estar aliviado com a virada obtida sobre o dinamarquês Frederik Nielsen, apenas o 213.º do mundo, nesta terça-feira. O número 1 do Brasil chegou a estar perdendo por 5/2 no primeiro set antes de emplacar nove games seguidos e fechar o jogo por 7/5 e 6/ 1.

"Estou me sentindo mais leve agora. Eu vinha fazendo tudo certo nos treinos e na hora dos jogos estava errando bolas injustificáveis", afirmou Bellucci, que vinha de uma série de quatro derrotas nos últimos torneios.

Nesta terça, o brasileiro teve dificuldade no início da partida e perdeu o saque logo em seu primeiro game de serviço. "O jogo começou bem estranho. O cara quebrou meu serviço logo no segundo game e demorei um pouco pra achar a direita dele. Acho que consegui jogar hoje com mais profundidade e depois passei a comandar mais os pontos", avaliou.

Para Bellucci, suas bolas com "spin" no fundo de quadra foram determinantes para a vitória. "Terminei o jogo sabendo que tenho um spin pesado para o saibro. Preciso colocar isso na minha cabeça que, com quatro, cinco spins fundos, eu passo a cansar os caras. Mesmo com a vantagem no segundo set, mantive as bolas fundas e a paciência".

O número 1 do Brasil voltará à quadra nesta quarta-feira, por voltas das 8h30 (horário de Brasília), para enfrentar o francês Edouard Roger-Vasselin, que eliminou o brasileiro Marcos Daniel na estreia. Bellucci e Roger-Vasselin nunca se enfrentaram no circuito profissional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.