Tamanho do texto

Brasileiro, que havia vencido na estreia da competição, sofre derrota e mantém série irregular no ano

selo

Futura Press
Bellucci, no jogo contra Andreas Beck
Ao contrário do que ocorreu na estreia vitoriosa sobre o norte-americano Bobby Reynolds , o brasileiro Thomaz Bellucci mostrou muita inconstância em quadra e foi derrotado pelo alemão Andreas Beck por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4 -, nesta quinta-feira, pela segunda rodada do Grupo Verde do ATP Challenger Finals, torneio que reúne os melhores tenistas da temporada em torneios da série Challenger, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Veja também: "Síndrome do segundo semestre" faz Bellucci demitir técnicos

Contra o atual número 105 do ranking mundial da ATP, Bellucci - que ocupa a 37ª colocação - não jogou bem e errou muitas devoluções de saque, não conseguindo incomodar o alemão em seus serviços. Com a derrota nesta quinta, o brasileiro não consegue dois triunfos seguidos nesta temporada desde o Torneio de Queen’s, disputado em quadras de grama, na Inglaterra, no começo de junho.

Na competição paulistana, Bellucci ainda tem boas chances de classificação às semifinais. Com duas vitórias, Andreas Beck está na primeira colocação do Grupo Verde. O tenista brasileiro e Bobby Reynolds - que bateu o eslovaco Martin Klizan por 2 sets a 1 (parciais de 6/2, 3/6 e 6/1) - estão empatados com um triunfo e uma derrota. Nesta sexta, na última rodada, Bellucci jogará contra o lanterna Klizan, que ainda não venceu.

Leia ainda: Bellucci sobe uma posição no ranking, apesar de derrotas

Pelo Grupo Amarelo, a liderança é do português Rui Machado, que nesta quinta derrotou o israelense Dudi Sela com um duplo 6/2. No outro jogo do dia, o alemão Cedrik-Marcel Stebe bateu o compatriota Matthias Bachinger por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 2/6 e 6/4.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.