Tamanho do texto

Thomas Muster já foi número 1 do mundo, mas agora foi eliminado pelo jovem compatriota Dominic Thiem, de apenas 18 anos

selo

O austríaco Thomas Muster pôs fim nesta terça-feira ao seu retorno ao circuito da ATP. Aos 44 anos, o ex-número 1 do mundo foi eliminado logo na estreia do Torneio de Viena, diante de sua torcida, pelo jovem compatriota Dominic Thiem, de apenas 18 anos, por 6/2 e 6/3, em apenas 1h03min de partida.

Dono de 44 títulos, incluindo Roland Garros em 1995, Muster abandonou a aposentadoria em 2010, após passar 11 anos afastado do circuito. O austríaco, contudo, esteve longe de repetir os bons resultados em seu retorno às competições. Venceu apenas dois dos 26 jogos disputados, ambos em torneios de nível Challenger.

O retorno frustrado ao tênis profissional não deverá manchar a grande carreira do tenista, especialista em saibro. O ex-líder do ranking se despede do circuito pela segunda vez com um respeitável retrospecto de 622 vitórias e 173 derrotas.

Também nesta terça, pela rodada de abertura em Viena, avançaram o espanhol Guillermo Garcia-Lopez, o belga Xavier Malisse, o italiano Fabio Fognini, o esloveno Aljaz Bedene e os alemães Tommy Haas, Philipp Petzschner e Daniel Brands.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.