Tamanho do texto

Espanhol perdeu um set pela primeira vez no Grand Slam, mas passou por Diego Schwartzman. Já a brasileira Bia Haddad foi derrotada nas duplas

O Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam do ano, teve uma marca derrubada neste domingo (21). Pela primeira vez, Rafael Nadal perdeu um set na competição. Ele cedeu uma parcial para o argentino Diego Schwartzman, mas logo recuperou o controle da partida e assegurou a vitória, avançando para as quartas de final. Já para a brasileira Bia Haddad, o torneio chegou ao fim. 

Leia também: Melo e Kubot vencem dupla local e avançam à 3ª rodada do Aberto da Austrália

Nadal comemora vitória sobre o argentino Diego Schwartzman no Aberto da Austrália
Reprodução/Twitter/@AustralianOpen
Nadal comemora vitória sobre o argentino Diego Schwartzman no Aberto da Austrália


Nadal e Schwartzman fizeram um jogo longo, com quase quatro horas de duração. Depois de 3h51 de partida, o espanhol venceu o rival por r 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7, 6/3 e 6/3. O curioso é que além de ter sido o primeiro set perdido por Nadal no Aberto da Austrália, foi a primeira vez que Schwartzman conseguiu arrancar a vitória em uma parcial do espanhol. Este foi o quarto confronto entre os dois tenistas. 

Leia também: ATP divulga lista de tenistas para Brasil Open 2018

Nº 1 mundo

Com o resultado, Nadal foi para as quartas de final e na próxima fase vai encarar o croata Marin Cilic. Além disso, a vitória garantiu que o espannhol permaneça em primeiro lugar no ranking dos melhores tenistas do mundo, pelo menos até o fim do primeiro Grand Slam do ano. Mesmo de Roger Federer, atual segundo colocado na ATP, sair com o título da Austrália, ele não ultrapassa Nadal. 

A vitória deste domingo foi comemorada. "Meu deu confiança saber que posso resistir a um jogo de quase quatro horas mantendo a intensidade. Estou muito feliz por isso", comentou Nadal. 


Fim do torneio da Bia Haddad

Festa de um lado e despedida de outro. Também neste domingo, a brasileira Bia Haddad deu adeus ao torneio australiano. No torneio de duplas, jogando ao lado da romena Sorana Cirstea, ela acabou superada parceria da República Tcheca Lucie Safarova e Barbora Strycova por 2/6 6/0 6/4 nas oitavas de final. As tchecas, cabeças-de-chave número 4 da competição, eram as favoritas no duelo. Bia já havia sido eliminada na chave de simples, com derrota na segunda rodada. 

Leia também: Djokovic volta a vencer após seis meses: "Estava ansioso para entrar em quadra"

Apesar das derrotas, a brasileira apontou coisas boas na primeira participação no Aberto da Austrália. "Consegui vencer mais uma primeira rodada de Grand Slam. Nas duplas foram duas... Foi bom, mas poderia ter sido melhor. Serviu de aprendizado e lição para os próximos torneios", afirmou a tenista. Ela também fez uma breve avaliação do desempenho: "Jogar nesse nível, contra as melhores do circuito, requer atenção, habilidade, não dá pra vacilar. Então sigo trabalhando duro e tenho certeza que coisas boas estão por vir".