Tamanho do texto

Em 2012, o tenista sérvio esteve na capital fluminense para uma série de eventos e uma partida exibição contra Gustavo Kuerten

O TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) fechou o cerco contra o Governo do Estado do Rio de Janeiro, estipulando um prazo de 30 dias para que seja feito o pagamento de 650 mil dólares (cerca de R$ 2,1 milhões) ao tenista sérvio Novak Djokovic, referente a uma série de eventos realizados em 2012.

E mais:  Para Guga, gesto de Djokovic em Roland Garros ajudará a perpetuar a sua imagem

Naquela ocasião, o atual número 1 do mundo esteve na capital fluminense para uma partida de exibição contra Gustavo Kuerten, o Guga, além de outras ações na cidade. A dívida total é de 1,1 milhão de dólares (R$ 3,5 milhões) e o valor definido pelo TJ é referente a uma das parcelas. 

Guga e Djokovic durante o jogo exibição de 2012
Divulgação
Guga e Djokovic durante o jogo exibição de 2012


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.