Tamanho do texto

Número 52 do mundo tentava o décimo título de challenger na carreira. A conquista mais recente aconteceu há três semanas no saibro alemão

Thomaz Bellucci ficou com o vice do Challenger de Biella
Divulgação / ATPBiella.com
Thomaz Bellucci ficou com o vice do Challenger de Biella

O brasileiro Thomaz Bellucci entrou em quadra com o favoritismo todo a seu favor neste domingo para decidir o Torneio Challenger de Biella, na Itália. Ele não contava, no entanto, com a grande exibição do dono da casa Federico Gaio, que fez a festa da torcida da casa com a vitória por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2, e faturou o título.

Gaio superou a disparidade entre eles no ranking para surpreender o brasileiro e vencer com certa tranquilidade. Apenas número 213 do mundo, o italiano atuou somente uma vez em chaves principais dos torneios da ATP, mas ignorou o histórico bem superior de Bellucci para ficar com o título.

Já o brasileiro, cabeça de chave número 2 da competição, perdeu a oportunidade de faturar mais um troféu às vésperas da Olimpíada do Rio. Em Biella, aliás, ele atuou pela última vez antes do início dos Jogos.

A maior experiência de Bellucci de nada adiantou quando o jogo começou. O primeiro set até foi disputado e cada um dos tenistas aproveitou a única oportunidade de quebra que teve para levar a parcial para o tie-break, no qual Gaio levou a melhor.

A derrota pareceu ter minado a confiança de Bellucci, que caiu de produção no segundo set e viu Gaio passear. Sem maiores trabalhos, o italiano aproveitou duas das seis oportunidades de quebra que teve e arrancou para a conquista.

Bellucci foi o segundo adversário brasileiro batido na sequência por Gaio, que já havia eliminado João Souza, o "Feijão", nas semifinais. O número 52 do mundo tentava o décimo título de challenger na carreira. A conquista mais recente aconteceu há três semanas no saibro alemão de Braunschweig.