Tamanho do texto

Suíço, que já foi campeão em Wimbledon em sete oportunidades, precisou de dois tie-breaks para avançar

Roger Federer venceu Guido Pella na estreia em Wimbledon
Reprodução/Twitter
Roger Federer venceu Guido Pella na estreia em Wimbledon

O suíço Roger Federer avançou em sets diretos na sua partida de estreia em Wimbledon. Neste segunda-feira, o número 3 do mundo e dono de sete títulos do Grand Slam londrino precisou de dois tie-breaks para bater o argentino Guido Pella, 52º colocado no ranking da ATP, por 3 a 0, com parciais de 7/6 (7/5), 7/6 (7/3) e 6/3.

Leia +  Bellucci sofre, mas vence belga na estreia em Wimbledon

Federer chegou para mais uma participação em Wimbledon sob certa desconfiança, pois não conquistou títulos em 2016, ficou fora de Roland Garros por causa de uma lesão nas costas e parou nas semifinais dos dois torneios de preparação para o Grand Slam londrino, em Stuttgart e Halle.

O JOGO

Nesta segunda-feira, então, teve mais dificuldades do que se previa para superar Pella. O canhoto argentino fez um duelo equilibrado com o suíço, sem se intimidar com o adversário e mostrando estar confortável na grama. Assim, salvou dois break points no primeiro set e só foi perder a parcial no tie-break.

Leia +  Djokovic estreia com "pneu" e vitória tranquila na busca pelo tetra em Wimbledon

O segundo set da partida teve ritmo parecido. Federer teve seis break points, mas Pella se salvou em todos, levando a definição da parcial para o tie-break, quando o suíço mais uma vez se deu melhor.

O terceiro set também foi bastante equilibrado, mas dessa vez Federer enfim conseguiu aproveitar um break point, o único que teve na parcial, para vencer por 6/3, avançando à segunda rodada em Wimbledon e garantindo a 80ª vitória na grama londrina.

Agora Federer terá pela frente o britânico Marcus Willis, o 772º colocado no ranking da ATP e que veio do qualifying. Nesta segunda-feira, ele derrotou o lituano Ricardas Berankis (54º) por 6/3, 6/4 e 6/4.

OUTROS JOGOS

Em duelo entre franceses, Gael Monfils perdeu para Jeremy Chardy, 34º colocado no ranking, por 3 sets a 2, com parciais de 6/7 (4/7), 6/0, 4/6, 6/1 e 6/2. O norte-americano Steve Johnson (29º), que passou pelo tunisiano Malek Jaziri (7/5 7/6 e 6/4), será o próximo rival de Chardy.

Número 24 do mundo, o uruguaio Pablo Cuevas caiu na estreia em Wimbledon para o russo Andrey Kuznetsov (6/3, 3/6, 5/7, 6/3 e 6/4). O norte-americano Jack Sock, número 26 do mundo, aplicou um triplo 6/4 no letão Ernests Gulbis. Seu próximo rival vai ser o holandês Robin Haase. E o britânico Daniel Evans também avançou nesta segunda-feira no All England Club.

FEMININO

No encerramento da rodada feminina, a checa Karolina Pliskova, número 17 do mundo, superou a belga Yanina Wickmayer (46ª) por 6/2, 0/6 e 8/6. Sua próxima oponente vai ser a japonesa Misaki Doi. Número 24 do mundo, a sérvia Jelena Jankovic aplicou um duplo 6/2 na suíça Stefanie Voegele (101ª). Agora ela vai encarar a neozelandesa Marina Erakovic.

A veterana italiana Francesca Schiavone bateu a letã Anastasija Sevastova (7/6 e 6/4) e agora medirá forças com a romena Simona Halep. Já Mona Barthel passou pela montenegrina Danka Kovinic (6/2 e 7/6) e duelará na segunda rodada de Wimbledon com a holandesa Kiki Bertens.