Tamanho do texto

Brasileiro encerrou jejum de cinco anos sem vitórias sobre a grama de Wimbledon e agora irá enfrentar Sam Querrey

Estadão Conteúdo

Thomaz Bellucci venceu na estreia por 3 sets a 2
Divulgação
Thomaz Bellucci venceu na estreia por 3 sets a 2

Thomaz Bellucci sofreu nesta segunda-feira, mas enfim voltou a vencer na grama. Em sua estreia em Wimbledon, o número 1 do Brasil precisou de cinco sets para superar o belga Ruben Bemelmans, atual 192º do ranking. Após 2h40min, Bellucci fechou o jogo por 3 sets a 2, com parciais de 3/6, 6/4, 6/3, 1/6 e 8/6, e encerrou um jejum de cinco anos sem vitórias sobre a grama.

Leia +  Djokovic estreia com "pneu" e Rogerinho perde em jogo de cinco sets

Bellucci, 62º do mundo, converteu seu terceiro match point para voltar a vencer em Wimbledon , o que não acontecia desde 2010. Nas quatro edições seguintes do Grand Slam britânico, o brasileiro caiu logo na estreia. A sequência negativa sobre a grama só não é maior porque ele venceu em Queen's, em 2011, quando obteve duas vitórias.

O JOGO

Diante de um rival que veio do qualifying, o brasileiro começou mal nesta segunda. Ao perder o saque no início, Bellucci viu o rival abrir 3/0 no placar e demorou para embalar. Ele só ganhou consistência no segundo set, quando faturou uma quebra de saque e não teve o serviço ameaçado.

Bellucci repetiu a dose no terceiro set e virou o jogo, mostrando superioridade. Parecia que não teria problemas para fechar o duelo na quarta parcial. Bemelmans, porém, voltou a jogar como no início, endureceu a partida e empatou o confronto. No quinto e decisivo set, o equilíbrio predominou até que Bellucci se impôs no saque do rival no que se tornou o último game e fechou o jogo.

Na segunda rodada, Bellucci vai ter pela frente o forte saque do norte-americano Sam Querrey, que também estreou nesta segunda. Venceu o checo Lukas Rosol por 6/7 (6/8), 6/7(5/7), 6/4, 6/2 e 12/10.

TELIANA PEREIRA

Não passou da partida de estreia a participação de Teliana Pereira em Wimbledon. Nesta segunda-feira, a Brasileira até começou bem a sua participação no Grand Slam londrino, mas acabou perdendo de virada para a norte-americana Varvara Lepchenko por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 7/6 (7/3) e 6/2, em 2 horas e 28 minutos.

Esta foi a terceira participação de Teliana na chave principal de Wimbledon, sendo que em todas elas a brasileira, a número 88 do mundo, foi eliminada na primeira rodada. Agora até esteve perto da vitória, mas acabou sucumbindo diante da 64ª colocada no ranking da WTA.

Teliana terminou a partida com 37 erros não-forçados, quatro a menos do que Lepchenko, mas disparou 23 winners, 14 a menos do que a norte-americana. Além disso, converteu quatro de 13 break points, só que perdeu o seu saque em cinco oportunidades.

Embora disputada em uma quadra grama, a partida teve muitas quebras de serviço, especialmente no primeiro set. Teliana e Lepchenko trocaram quebras de saque no primeiro e segundo games e também no sétimo e no oitavo. No 12º, então, a brasileira converteu mais um break point e aplicou 7/5.

No segundo set, Teliana esteve muito próxima de assegurar a vitória ao abrir 4/1, mas Lepchenko reagiu. A norte-americana devolveu a quebra de saque, forçou a realização do tie-break e triunfou, empatando a partida.

Lepchenko, então, começou com tudo o terceiro set. A norte-americana abriu 3/0, com uma quebra de saque, encaminhando o seu triunfo, definido no oitavo game, quando converteu mais um break point para aplicar 6/2. Assim, fechou o jogo em 2 a 1, eliminou Teliana e avançou para a segunda rodada de Wimbledon.

A adversária de Lepchenko na segunda rodada vai ser a alemã Angelique Kerber, atual campeã do Aberto da Austrália e número quatro do mundo, que nesta segunda superou com facilidade a britânica Laura Robson, apenas 283ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com duplo 6/2.

FAVORITOS

Cabeças de chave número cinco e seis, o japonês Kei Nishikori e o canadense Milos Raonic estrearam com vitórias fáceis em Wimbledon. Nishikori bateu o australiano Samuel Groth por 6/4, 6/3 e 7/5, enquanto Raonic despachou o espanhol Pablo Carreño por 7/6 (7/4), 6/2 e 6/4.

O tenista do Canadá vai cruzar com o italiano Andreas Seppi, que avançou ao derrotar o espanhol Guillermo Garcia-Lopez por 6/2, 6/4 e 6/0. Já o japonês vai encarar na segunda rodada o francês Julien Benneteau, que derrotou nesta segunda o ucraniano Illya Marchenko por 6/4, 6/2 e 7/6 (10/8).

Ainda nesta segunda avançaram na chave de simples masculina de Wimbledon os franceses Gilles Simon, Edouard Roger-Vasselin e Nicolas Mahut, o belga David Goffin, o ucraniano Alexandr Dolgopolov e o usbeque Denis Istomin, que despachou o cabeça de chave Kevin Anderson, da África do Sul.

OUTROS JOGOS

Número 5 do mundo, a romena Simona Halep avançou na sua estreia no Grand Slam londrino ao superar a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova (40ª colocada no ranking) por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, em 1 hora e 5 minutos.

A holandesa Kiki Bertens e a japonesa Misaki Doi também triunfaram nesta segunda-feira na primeira rodada de Wimbledon .