Tamanho do texto

Espanhol foi mais um a comentar sobre o caso revelado pela russa na segunda-feira, antes, Serena Williams já havia opinado

O caso de doping de Maria Sharapova, revelado na última segunda-feira, vem sendo, evidentemente, o tema mais abordado nas entrevistas com os tenistas em Indian Wells, nos Estados Unidos, que recebe torneios masculino, de nível Masters 1000, e feminino, um Premier Mandatory. E os jogadores vêm se declarando chocados e tristes com a situação.

Maria Sharapova externou problema com doping no começo da semana
Kevin Lee/Getty Images
Maria Sharapova externou problema com doping no começo da semana

O espanhol Rafael Nadal classificou o caso como "terrível para o mundo do esporte em geral e para o nosso esporte, especialmente". "É terrível, porque o esporte deve ser limpo e deve visto como limpo", disse o astro. "Temos um bom programa antidoping e os jogadores que não estão fazendo as coisas certas estão indo a julgamento, por isso vamos ver como vai ser".

Leia mais

Governo russo diz que doping de Sharapova não mancha a imagem do esporte do país

Serena exalta 'coragem' de Sharapova por assumir responsabilidade por doping

Nadal disse que ele deixa para seu médico o acompanhamento nas mudanças na relação de substâncias proibidas - o Meldonium, para o qual Sharapova deu positivo, foi incluído na relação de banidas pela Agência Mundial Antidoping no início deste ano - declarando ter "100% de confiança" na sua equipe, além de saber de tudo o que consome.

Nadal opinou sobre situação da tenista russa
Julian Finney/Getty Images
Nadal opinou sobre situação da tenista russa

Mas ele também disse que ninguém é infalível. "É difícil imaginar que algo assim pode acontecer, mas há sempre erros. Todo mundo pode cometer erros. Eu quero acreditar que com certeza foi um erro de Maria, ela não queria cometê-lo, mas há sempre (a possibilidade) de ter sido uma negligência", afirmou. "As regras são assim e agora ela deve pagar por isso", concluiu.

Outros nomes do mundo do tênis também adotaram um discurso parecido, como a polonesa Agnieszka Radwanska. "Foi um dia muito triste para o tênis", disse. "Estou com medo porque eu sei que cada pílula pode ter alguma coisa (proibida)", disse, admitindo temor em usar sem saber uma substância proibida "Quando fico doente estou apenas tomando aspirina, porque estou sempre com medo de ter qualquer outra coisa nele".

Já a checa Petra Kvitova admitiu preocupação com os efeitos que o caso de doping possam provocar na imagem do tênis. "Espero que isso não afete o mundo do tênis. Espero que os fãs ainda gostem de tênis", comentou.

"Eu acho que é algo que todos devem saber, o que estamos tomando e o que estamos colocando no corpo", acrescentou a dona de dois títulos de Wimbledon, destacando pensar que Sharapova cometeu "um erro enorme".