Tamanho do texto

Tenista número 1 do mundo abre primeiro Grand Slam de 2016 batendo Hyeon Chung por 6-3, 6-2 e 6-4

EFE

Novak Djokovic estreia no Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam de 2016
Quinn Rooney/Getty Images
Novak Djokovic estreia no Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam de 2016

O sérvio Novak Djokovic, número 1 do ranking mundial, despachou com facilidade o sul-coreano Hyeon Chung, por 6-3, 6-2 e 6-4 no primeiro jogo para renovar seu título do aberto de tênis da Austrália.

Leia: Atraso em obras ainda espanta Jogos Olímpicos do Rio 2016 a 200 dias do início

Djokovic, que ganhou o torneo em cinco ocasiões, não teve rival no jovem coreano de 19 anos, que ocupa o 51º lugar do Ranking da ATP, e que aguentou em quadra uma hora e 55 minutos.

Em partida prévia também de primeira rodada, o tcheco Tomas Berdych, número 6 do torneio, derrotou o indiano Yuki Bhambri (95) por 7-5, 6-1 e 6-2 em pouco mais de uma hora e 40 minutos de jogo.

Federer avança

O suíço Roger Federer avançou para a segunda rodada do Aberto da Austrália nesta segunda-feira, ao vencer o georgiano Nikoloz Basilashvili por 3 sets a 0, com parciais de 6-2,6-1 e 6-2.

Roger Federer em ação no primeiro dia do Aberto da Austrália
Quinn Rooney/Getty Images
Roger Federer em ação no primeiro dia do Aberto da Austrália


O ex-número um do mundo, que desde sua derrota na primeira rodada de Roland Garros em 2003 não cai na estreia em um Grand Slam, superou com facilidade seu oponente e avançou na busca por seu quinto título na Austrália.

Federer foi campeão em 2004,2006, 2007 e 2010 e perdeu a final em 2009, perante o espanhol Rafael Nadal.

Em uma 1h12min, Federer certificou sua superioridade, acumulando 31 winners contra nove de seu adversário.

Na segunda rodada, o suíço enfrentará o ucraniano Aleksandr Dolgopolov, carrasco do lituano Ricardas Berankis.