Tamanho do texto

Tenista brasileiro conseguiu parceiro antes da estreia e chegou à decisão na Alemanha, onde foi derrotado pela parceria Fernando Vesdasco e David Marrero

EFE

Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, ficou com o vice-campeonato da chave de duplas do ATP 500 de Hamburgo neste domingo. O tenista brasileiro atuou ao lado do espanhol Daniel Muñoz de la Nava e quase levou o título no torneio alemão. A derrota veio na decisão contra os experientes Fernando Verdasco e David Marrero. O jogo durou uma hora e 15 minutos e acabou em 6-4 e 6-3.

Rogerinho conseguiu o melhor resultado de sua carreira ao ficar com o segundo lugar em Hamburgo
AFP
Rogerinho conseguiu o melhor resultado de sua carreira ao ficar com o segundo lugar em Hamburgo

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

O resultado é o melhor da carreira de Rogerinho, que decidiu jogar ao lado de De la Nava após ser derrotado pelo espanhol no qualifying de simples do ATP de Hamburgo. A parceria formada em cima da hora deu certo, apesar da derrota na decisão.

VEJA RECORDES DO TÊNIS: Partida com mais de 11h, saque de 263km/h...

Vice-campeões em Hamburgo, tanto Rogerinho, de 28 anos, quanto De la Nava, de 30, nunca tinham chegado a uma decisão de um torneio da série ATP, tanto em disputas individuais como em duplas. O brasileiro é o 101º colocado no ranking mundial de simples da ATP e o 385º como duplista. Já o espanhol é o número 142 em simples e 162 em duplas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.