Tamanho do texto

Após o triunfo arrasador, o espanhol enfrentará na semifinal o francês Benoit Paire, que nesta quinta derrotou o japonês Tatsuma Ito por 2 sets a 0

Agência Estado

David Ferrer precisou jogar apenas 42 minutos para massacrar o holandês Igor Sijsling com parciais de 6/0 e 6/1, nesta quinta-feira, e garantir vaga na semifinal do Torneio de Hertogenbosch, na Holanda. Cabeça de chave número 1 da competição preparatória para Wimbledon, Grand Slam que começa na próxima segunda, o tenista espanhol não tomou conhecimento do jogador da casa para se garantir na luta por mais uma decisão.

Leia as últimas notícias sobre tênis no iG Esporte

David Ferrer é cabeça de chave número 1
EFE
David Ferrer é cabeça de chave número 1

Atual 112.º colocado do ranking da ATP, Sijsling recebeu um convite dos organizadores para poder atuar em Hertogenbosch. Ele vinha fazendo bonito no torneio, no qual surpreendeu ao eliminar o finlandês Jarkko Nieminen, sexto cabeça de chave, na estreia, antes de passar pelo belga Olivier Rochus na segunda rodada.

Desta vez, porém, o holandês conseguiu marcar apenas 19 pontos em todo o duelo contra Ferrer, que contabilizou 54 ao total e encaminhou o seu triunfo de forma rápida ao aproveitar cinco das sete chances de quebrar o saque de Sijsling. Para completar, o tenista número 6 do mundo ganhou 91% dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro serviço.

Após o triunfo arrasador, Ferrer enfrentará na semifinal o francês Benoit Paire, que nesta quinta derrotou o japonês Tatsuma Ito por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5. Será o terceiro confronto entre o espanhol e o tenista da França, batido pelo adversário na edição de 2011 de Wimbledon e neste ano em Roland Garros, encerrado neste mês. Ferrer ganhou os dois duelos por 3 sets a 0.

A outra semifinal do Torneio de Hertogenbosch também já foi definida nesta quinta-feira e irá reunir o alemão Philipp Petzschner e o belga Xavier Malisse. O primeiro deles ficou a um passo da decisão ao bater o francês Edouard Roger-Vasselin

por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (8/6). Já o tenista da Bélgica derrotou o luxemburguês Gilles Muller por 2 a 1, com 6/3, 4/6 e 6/1.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.