Tamanho do texto

Com vitória, tenista número 1 do mundo faz a final de Roland Garros com Nadal

O tenista sérvio Novak Djokovic, número um do mundo, passou fácil pelo terceiro cabeça-de-chave Roger Federer por 6-4,7-5 e 6-3 com uma performance consistente para chegar à primeira final de Roland Garros de sua carreira nesta sexta-feira.

Djokovic comemora vitória sobre Federer
AP
Djokovic comemora vitória sobre Federer

Principal cabeça-de-chave do torneio, Djokovic capitalizou em cima de uma série de erros de Federer para fechar o primeiro set, antes de o suíço reagir na segunda série.

Vencedor de 16 torneios de Grand Slam, Federer nivelou a partida, até que Djokovic começou a expor a fragilidade do serviço de seu adversário e então foi ao ataque no 12o game para fechar o segundo set.

Vivendo melhor momento que seu rival na partida, o sérvio quebrou o serviço de Federer no sexto game do terceiro set e fechou o jogo para estabelecer a final com Rafael Nadal, que mais cedo garantiu vaga na decisão ao destruir o compatriota David Ferrer em três sets.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.