Tamanho do texto

Brasileiro disputa o torneio de Roland Garros ao lado do croata Ivan Dodig e agora enfrenta austríaco Jurgen Melzer e o alemão Philipp Petzschner

Marcelo Melo é o único brasileiro que ainda disputa o torneio de Roland Garros
Vipcomm
Marcelo Melo é o único brasileiro que ainda disputa o torneio de Roland Garros

Marcelo Melo segue na disputa no torneio de Roland Garros . Ao lado de Ivan Dodig, o brasileiro venceu nas duplas e avançou para as oitavas de final do Grand Slam francês.

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

Melo e Dodig fizeram um jogo muito equilibrado contra a parceira formada o pelo tcheco Frantisek Cermak e pelo sérvio Filip Polasek e venceram de virada, por 2 sets a 1, parciais de 5/7, 6/3 e 7/6 (4). A partida foi tão parelha que acabou com o mesmo número de pontos para as duas duplas depois dos três sets: 112.

Brasileiro e croata terão vida dura nas oitavas de final no saibro em Paris. Eles enfrentam o austríaco Jurgen Melzer e o alemão Philipp Petzschner, cabeças de chave número 8 do torneio. Horário e data ainda não foram definidos pela organização.

Leia também:  Ivanovic toma virada de Errani e dá adeus a Roland Garros

O jogo

No primeiro set, Cermak e Polasek foram mais eficientes em pontos convertidos após bolas devolvidas (40%) e venceram por 7/5.

Já no segundo período, o tcheco e o sérvio cometeram alguns erros, como duplas faltas e erros não forçados, que foram fundamentais para o empate de Melo e Dodig. Após 36 minutos e 72% de aproveitamento em bolas vencedoras no primeiro saque, o brasileiro e o croata finalizaram em 6/3.

Leia ainda:  Sharapova vence com facilidade e vai à terceira rodada em Paris

Assim como os períodos anteriores, o set final foi acirrado e apenas decidido no tie-break. Melhor para Melo e Dodig, que mais consistentes, conquistaram a vitória em 7/4.

Único brasileiro

Marcelo Melo é o único representando do Brasil que ainda segue na briga em Roland Garros. Além de Thomaz Bellucci e João Souza "Feijão", que perderam na chave de simples, André sá, que atuava ao lado do eslovaco Michael Mertinak nas duplas, desistiu por conta de uma lesão na panturilha.