Tamanho do texto

Entre outras marcas, suíco é o maior vencedor de títulos de Grand Slams e o tenista com maior premiação acumulada na história

Com a vitória sobre o romeno Adrian Ungur nesta quarta-feira por 3 sets a 1 (parciais de 6/3, 6/2, 6/7 (6/8) e 6/3), Roger Federer avançou para a terceira rodada da edição deste Roland Garros . Além disso, se tornou o maior vencedor de partidas de Grand Slam. Com 234 vitórias, o suíço passou Jimmy Connors, lenda americana que jogou na décadas de 70 e 80.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Roger Federer: suíço é recordista de vitórias em Grand Slams
AP
Roger Federer: suíço é recordista de vitórias em Grand Slams
Batido no 15º ano da carreira profissional do tenista, o recorde se soma a uma extensa lista já conquistada pelo suíço. Considerado por muitos o maior da história do esporte, Federer é o maior vencedor de Grand Slams (16 títulos), assim como o maior finalista desses torneios (23 finais).

Enquete:  Qual a musa da primeira rodada de Roland Garros? Dê seu voto

Além disso o suíço venceu Wimbledon e o US Open cinco vezes consecutivas, feito igualado apenas por Borg, no primeiro caso, e Pete Sampras e Jimmy Connors no segundo (Era Aberta). Mais um recorde é em relação a dinheiro: com prêmios acumulados de mais de U$70 mi, nunca outro tenista ganhou tanto em premiações de torneios.

Leia mais:  Recordista em Roland Garros, Borg diz que Nadal é o melhor da história

O tenista suíço também não pode reclamar de reconhecimento. Foi o único atleta a ganhar 4 vezes o prêmio Laureus, mais importante do mundo dos esportes, e foi eleito o “tenista favorito do fãs” 9 vezes seguidas na eleição da ATP (2003-2011). Ainda foi o que liderou o ranking da entidade por mais semana consecutivas, 237.

Veja ainda:  “Manias” de Nadal chamam tanta atenção quanto os títulos

Mesmo com tantas marcas alcançadas, também há aquelas que Federer não conseguiu, ao menos por enquanto, superar. O mais desesperador para o atleta deve ser o de número total de semanas na liderança do ranking da ATP. Federer tem 285, apenas uma a menos que Pete Sampras. Outro exemplo é o de títulos de Masters 1000, que por apenas um troféu dourado, é de Rafael Nadal (com 21 conquistas).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.