Itália desconvoca Acerbi, acusado de racismo pelo brasileiro Juan Jesus
Foto: Reprodução
Itália desconvoca Acerbi, acusado de racismo pelo brasileiro Juan Jesus

O zagueiro Franceso Acerbi, da Inter de Milão, foi cortado da seleção italiana nesta segunda-feira, 18, após ser acusado de racismo pelo brasileiro Juan Jesus, do Napoli, no último domingo, 17, durante empate em 1 a 1 pelo Campeonato Italiano. O técnico Luciano Spalletti chamou Gianluca Mancini, da Roma, para o lugar de Acerbi.

Em nota, a federação italiana de futebol (FIGC) disse que ouviu de Acerbi que “não houve intenção difamatória”, mas que a comissão optou por desconvocá-lo em nome da “serenidade necessária à seleção nacional e ao próprio jogador”.

“O jogador de futebol Francesco Acerbi, que chegou esta manhã à concentração da seleção nacional em Roma e explicou ao técnico Luciano Spalletti e seus companheiros, sua versão da suposta expressão racista relatada pelo jogador de futebol Juan Jesus entrou durante o jogo Inter x Napoli. Pelo relato do zagueiro nerazzurri, não houve intenção difamatória, denegridora ou racista de sua parte. No entanto, foi acordado excluir Acerbi da lista de jogadores convocados para os próximos dois amistosos ​​agendados nos Estados Unidos, para garantir a serenidade necessária à seleção nacional e ao próprio jogador, que volta hoje ao seu clube”, informou a FIGC.

LaLiga admite marca abalada por casos de racismo e cita ações

A Inter também emitiu um comunicado no qual disse “se reservar o direito de um encontro o quanto antes com o jogador para esclarecer as dinâmicas do ocorrido”, sem citar qualquer tipo de apoio a Juan Jesus, que defendeu o clube de Milão entre 2020 e 2016.

O lance aconteceu aos 15 minutos do segundo tempo, quando Juan chamou o árbitro Federico La Penna para avisar da ofensa proferida por Acerbi. “Ele me chamou de negro”, disse o brasileiro, segundo leitura labial realizada pela imprensa italiana. Juan chegou a apontar para o patch da Série A italiana em seu ombro que leva uma mensagem antirracista.

Aqui o momento em que Acerbi vai se desculpar com Juan Jesus dizer que não é racista… e aponta para Thuram pic.twitter.com/RKJGvQ2gKd

— Leonardo Bertozzi (@lbertozzi) March 18, 2024

O árbitro, então, chamou Acerbi, que se desculpou com o brasileiro. Juan, que marcou o gol de empate do Napoli contra sua ex-equipe, afirmou após à partida que o episódio estava superado. “O que acontece em campo fica em campo. Ele foi um pouco longe demais com suas palavras. É uma boa pessoa, me pediu desculpas e está tudo bem. Nos abraçamos, no campo acontece de falarmos de tudo, mas mas ele viu que foi além e pediu desculpas. Espero que isso não aconteça de novo, ele é um cara inteligente”.

Juan Jesus: "Arrabbiato con Acerbi? Quello che succede in campo rimane in campo, Acerbi è andato un po' oltre con le parole. Lui è un bravo ragazzo, ha chiesto scusa ed è tutto ok. Ci siamo abbracciati, dentro al campo ci sta dire di tutto, lui ha chiesto scusa, ha visto che è… pic.twitter.com/nvxvROK6aU

— Daniele Mari (@marifcinter) March 17, 2024

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!