Júnior Santos tem oito gols na Libertadores 2024
Foto: Vítor Silva/Botafogo
Júnior Santos tem oito gols na Libertadores 2024

Depois que quebrar o recorde de gols em um só jogo do Botafogo na história da Libertadores, quando fez 4 contra o Aurora-BOL, o atacante Júnior Santos se tornou o maior artilheiro do clube na competição sul-americana.

Com oito gols marcados em três jogos nesta edição, Júnior Santos é o atual artilheiro da Libertadores com quatro gols a mais que o uruguaio Cauteruccio, do já eliminado Sporting Cristal-PER. Na história do Fogão na competição sul-americana, o camisa 11 lidera a lista de artilheiros do time com 7 gols, dois a mais que Dirceu, Jairzinho e Rodrigo Pimpão, que marcaram 5 gols cada.

Atuações ENM: Jeffinho e Júnior santos foram os destaques do Botafogo na vitória diante do Bangu Fernando Asvolinsque
11) JÚNIOR SANTOS - 46 jogos - MÉDIA: 6,01 - Foto: Vitor Silva/Botafogo Reprodução: Jogada10
Junior Santos interessa ao Palmeiras Foto: Vítor Silva/Botafogo
Com gol de Júnior Santos, Botafogo vence Sampaio Corrêa e reassume liderança do Cariocão Luhan Santos Alves
O capítulo mais recente da troca de farpas aconteceu após possível interesse do Palmeiras na contratação do atacante Júnior Santos. A informação foi publicada inicialmente pela “ESPN”. - Foto: Vitor Silva/Botafogo Reprodução: Jogada10
JÚNIOR SANTOS - O Cisne não estava tão inspirado quanto no sábado.. No entanto, deu um gás que a equipe precisava para minimizar a péssima performance em campo - NOTA: 5,5 - Foto: Vitor Silva/Botafogo  Reprodução: Jogada10


Outro jogador que pode se tornar o maior artilheiro de seu time na Libertadores ainda em 2024 é o argentino Calleri, do São Paulo.

Maiores artilheiros dos clubes brasileiros na história da Libertadores (1960-2024):

AMÉRICA-MG
1º – Pedrinho – 2 gols em 9 jogos (2022)
1º – Wellington Paulista – 2 gols em 4 jogos (2022)
2º – Felipe Azevedo – 1 gol em 10 jogos (2022)
2º – Gérman Conti – 1 gol em 5 jogos (2022)
2º – Iago Maidana – 1 gol em 10 jogos (2022)
2º – Marlon – 1 gol em 8 jogos (2022)

ATHLETICO-PR
1º – Lima – 6 gols em 12 jogos (2005)
1º – Luisinho Netto – 6 gols em 11 jogos (2000 e 2002)
1º – Marco Rubén – 6 gols em 8 jogos (2019)
1º – Vítor Roque – 6 gols em 15 jogos (2022-2023)
5º – Lucho González – 5 gols em 23 jogos (2017 e 2019-2020)

ATLÉTICO-MG
1º – Hulk * – 15 gols em 32 jogos (2021-2023)
2º- Jô – 11 gols em 25 jogos (2013-2015)
3º – Guilherme – 9 gols em 10 jogos (2000)
4º- Cazares – 8 gols em 23 jogos (2016-2017 e 2019)
5º Lucas Pratto – 7 gols em 249 jogos (2015-2016)
5º Paulinho * – 7 gols em 11 jogos (2023)
* Em atividade no elenco atual e na disputa da Libertadores 2024

BAHIA
1º – Charles – 7 gols em 10 jogos (1989)
2º – Osmar – 3 gols em 8 jogos (1989)
3º – Gil Baiano – 2 gols em 10 jogos (1989)

BANGU
1º – Marinho – 2 gols em 3 jogos (1986)
2º – Ado – 1 gol em 5 jogos (1986)
2º – Jair Neves – 1 gol em 3 jogos (1986)
2º – Marcelinho – 1 gol em 4 jogos (1986)
2º – Nando – 1 gol em 5 jogos (1986)

BOTAFOGO
1º – Júnior Santos * – 8 gols em 4 jogos (2024)
2º – Dirceu – 5 gols em 11 jogos (1973)
2º – Jairzinho – 5 gols em 12 jogos (1963 e 1973)
2º – Rodrigo Pimpão – 5 gols em 13 jogos (2017)
5º – Fischer – 4 gols em 10 jogos (1973)
5º – Marinho Chagas – 4 gols em 9 jogos (1973)
5º – Roberto Miranda – 4 gols em 10 jogos (1963 e 1973)
5º – Wallyson – 4 gols em 8 jogos (2014)
* Em atividade no elenco atual e na disputa da Libertadores 2024

CHAPECOENSE
1º – Reinaldo – 2 gols em 12 jogos (2017)
2º – Andrei Girotto – 1 gol em 5 jogos (2017)
2º – Arthur Caíke – 1 gol em 6 jogos (2017 e 2018)
2º – Luiz Antônio – 1 gol em 5 jogos (2017)
2º – Rossi – 1 gol em 4 jogos (2017)

CORINTHIANS
1º – Luizão – 15 gols em 12 jogos (2000)
2º – Marcelinho Carioca – 11 gols em 32 jogos (1996 e 1999-2000)
3º – Elias – 9 gols em 23 jogos (2010 e 2015-2016)
4º – Dinei – 8 gols em 22 jogos (1991 e 1999-2000)
4º – Guerrero – 8 gols em 12 jogos (2013 e 2015)
4º – Jádson – 8 gols em 17 jogos (2015 e 2018)

CORITIBA
1º – Geraldo – 3 gols em 6 jogos (1986)
2º – Capixaba – 2 gols em 6 jogos (2004)
2º – Índio – 2 gols em 6 jogos (1986)

CRICIÚMA
1º – Jairo Lenzi – 5 gols em 10 jogos (1992)
1º – Everaldo – 5 gols em 6 jogos (1992)
3º – Elias – 3 gols em 9 jogos (1992)
4º – Dinei – 2 gols em 7 jogos (1992)

CRUZEIRO
1º – Palhinha – 20 gols em 21 jogos (1975-1976)
2º – Thiago Ribeiro – 13 gols em 28 jogos (2009-2011)
3º – Jairzinho – 12 gols em 12 jogos (1976)
4º – Kléber – 11 gols em 21 jogos (2009-2010)
4º – Nelinho – 11 gols em 30 jogos (1975-1977)

FLAMENGO
1º – Gabigol * – 30 gols em 49 jogos (2019-2023)
2º – Bruno Henrique * – 19 gols em 40 jogos (2019-2023)
2º – Pedro * – 19 gols em 34 jogos (2020-2023)
4º – Zico – 16 gols em 21 jogos (1991 e 1999-2000)
5º – Éverton Ribeiro – 11 gols em 57 jogos (2018-2023)
* Em atividade no elenco atual e na disputa da Libertadores 2024

FLUMINENSE
1º – Cano * – 16 gols em 16 jogos (2022-2023)
2º – Fred – 15 gols em 29 jogos (2011-2013 e 2021-2022)
3º – Thiago Neves – 7 gols em 28 jogos (2008 e 2012-2013)
4º – Washington – 6 gols em 12 jogos (2008)
5º – Rafael Moura – 5 gols em 15 jogos (2011-2012)
* Em atividade no elenco atual e na disputa da Libertadores 2024

FORTALEZA
1º – Sílvio Romero – 4 gols em 8 jogos (2022-2023)
2º – Moisés – 3 gols em 8 jogos (2022)
3º – Guilherme – 2 gols em 4 jogos (2023)
3º – Lucero – 2 gols em 4 jogos (2023)
3º – Yago Pikachu – 2 gols em 10 jogos (2022-2023)

GOIÁS
1º – Romerito – 4 gols em 7 jogos (2006)
2º – Nonato – 2 gols em 10 jogos (2006)
2º – Welliton – 2 gols em 9 jogos (2006)

GRÊMIO
1º – Jardel – 16 gols em 20 jogos (1995-1996)
2º – Luan – 12 gols em 41 jogos (2014 e 2016-2019)
3º – Everton Cebolinha – 10 gols em 37 jogos (2016-2020)
3º – Rodrigo Mendes – 10 gols em 11 jogos (1998 e 2002)
5º – Diego Souza – 8 gols em 26 jogos (2007 e 2020-2021)
5º – Osvaldo – 8 gols em 18 jogos (1983-1984)
5º – Paulo Nunes – 8 gols em 27 jogos (1995-1997)

GUARANI
1º – Miltão – 6 gols em 8 jogos (1979)
2º – Zenon – 5 gols em 8 jogos (1979)
3º – Bozó – 3 gols em 9 jogos (1979)

INTERNACIONAL
1º – Leandro Damião – 11 gols em 19 jogos (2010-2012)
2º – Rafael Sóbis – 8 gols em 25 jogos (2006, 2010, 2011 e 2019)
3º – D’Alessandro – 7 gols em 54 jogos (2010-2012, 2015 e 2019-2020)
3º – Guerrero – 7 gols em 13 jogos (2019-2021)
5º – Fernandão – 6 gols em 12 jogos (2006-2007)
5º – Giuliano – 6 gols em 17 jogos (2010)

JUVENTUDE
1º – Luiz Oscar – 2 gols em 2 jogos (2000)
1º – Wallace – 2 gols em 4 jogos (2000)

NÁUTICO
1º – Ladeira – 2 gols em 5 jogos (1968)
1º – Lalá – 2 gols em 6 jogos (1968)
1º – Nino – 2 gols em 6 jogos (1968)

PALMEIRAS
1º – Rony * – 21 gols em 41 jogos (2020-2023)
2º – Raphael Veiga * – 17 gols em 48 jogos (2017 e 2019-2023)
3º – Alex – 12 gols em 39 jogos (1999-2001)
3º – Gustavo Scarpa – 12 gols em 31 jogos (2018-2022)
5º – Borja – 11 gols em 24 jogos (2017-2019)
5º – Tupãzinho – 11 gols em 14 jogos (1968)
5º – Willian – 11 gols em 35 jogos (2017-2021)
* Em atividade pelo clube na disputa da Libertadores 2024

PARANÁ
1º – Josiel – 3 gols em 9 jogos (2007)
2º – Dinélson – 2 gols em 9 jogos (2007)
3º – Gérson – 2 gols em 10 jogos (2007)
4º – Henrique Dias – 2 gols em 7 jogos (2007)

PAULISTA
1º – Abraão Lincoln – 1 gol em 4 jogos (2006)
1º – Amaral – 1 gol em 6 jogos (2006)
1º – Jaílson – 1 gol em 4 jogos (2006)
1º – Muñóz – 1 gol em 6 jogos (2006)

PAYSANDU
1º – Robgol – 6 gols em 7 jogos (2003)
2º – Iarley – 3 gols em 8 jogos (2003)
2º – Vélber – 3 gols em 7 jogos (2003)
4º – Sandro Goiano – 2 gols em 8 jogos (2003)

RED BULL BRAGANTINO
1º – Ytalo – 3 gols em 6 jogos (2022)
2º – José Hurtado * – 2 gols em 6 jogos (2022 e 2024)
3º – Juninho Capixaba * – 1 gol em 2 jogos (2024)
* Em atividade pelo clube e na disputa da Libertadores 2024

SANTO ANDRÉ
1º – Rodrigão – 5 gols em 6 jogos (2005)
2º – Fernando – 1 gol em 6 jogos (2005)
2º – Leandrinho – 1 gol em 6 jogos (2005)
2º – Rafinha – 1 gol em 6 jogos (2005)
2º – Richarlyson – 1 gol em 5 jogos (2005)
2º – Romerito – 1 gol em 6 jogos (2005)
2º – Sandro Goiano – 1 gol em 6 jogos (2005)

SANTOS
1º – Pelé – 16 gols em 15 jogos (1962-1963 e 1965)
2º – Neymar – 14 gols em 25 jogos (2011-2012)
2º – Robinho – 14 gols em 31 jogos (2003-2005)
4º – Ricardo Oliveira – 12 gols em 19 jogos (2003 e 2017)
5º – Coutinho – 11 gols em 13 jogos (1962-1963 e 1965)

SÃO CAETANO
1º – Brandão – 8 gols em 6 jogos (2002)
2º – Aílton – 5 gols em 18 jogos (2001-2002)
3º – Somália – 4 gols em 20 jogos (2002 e 2004)
3º – Wagner – 4 gols em 19 jogos (2001-2002)

SÃO PAULO
1º – Luis Fabiano – 14 gols em 24 jogos (2004, 2013 e 2015)
1º – Rogério Ceni – 14 gols em 90 jogos (2004-2015)
3º – Müller – 10 gols em 29 jogos (1987 e 1992-1994)
3º – Palhinha – 10 gols em 28 jogos (1992-1994)
3º – Pedro Rocha – 8 gols em 12 jogos (1972 e 1974)
6º – Calleri – 9 gols em 12 jogos (2016)

SPORT
1º – Robertinho – 3 gols em 6 jogos (1988)
1º – Wilson – 3 gols em 6 jogos (2009)
3º – Andrade – 2 gols em 6 jogos (2009)
3º – Nando – 2 gols em 3 jogos (1988)

VASCO
1º – Luizão – 8 gols em 14 jogos (1998-1999)
1º – Donizete – 5 gols em 15 jogos (1998-1999)
3º – Juninho Paulista – 4 gols em 7 jogos (2001)
3º – Roberto Dinamite – 4 gols em 18 jogos (1975, 1985 e 1990)
3º – Romário – 4 gols em 7 jogos (2001)
3º – Yago Pikachu – 4 gols em 10 jogos (2018)

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!