Tamanho do texto

Prova é vencida pela mexicana Laura Sanchez. País leva o ouro também nos saltos sincronizados e mostra dominância na modalidade

A brasileira Juliana Veloso encerrou na sexta posição a competição do trampolim de 3 m nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara , nesta sexta-feira. A atleta somou 327,70 pontos e ficou longe do pódio, composto pela mexicanas Laura Aleida Sanchez e Paola Espinosa, ouro e bronze respectivamente, e a norte-americana Cassidy Krug, prata.

Confira o calendário dos Jogos Pan-Americanos

Última atleta do pódio, Paola Espinosa somou 356,20 pontos no Centro Aquático Scotiabank. Campeã, Sanchez fez 374,60 e tomou a primeira colocação da norte-americana apenas na última rodada de saltos.

Na prova masculina de saltos sincronizados na plataforma de 10 m, também realizada nesta sexta, Ivan Garcia e German Sanchez levaram ao somarem 479,88 pontos. A prata ficou com os cubanos Jeinkler Aguirre e Jose Antonio Guerra, que fizeram 447,57 pontos. A dupla do Canadá, formada por Kevin Geyson e Eric Sehn, marcou 399,93 pontos e completou o pódio.

Veja como está o quadro de medalhas do Pan

Os representantes brasileiros na competição, Rui Marinho e Hugo Parisi , não tiveram boa participação. Os dois chegaram a ficar na quarta posição, mas foram ultrapassados no fim e terminaram a competição em sexto lugar, com 373,65 pontos.

Com os resultados destas duas provas, o México mantém sua hegemonia nos saltos ornamentais do Pan. O país-sede do evento venceu as seis provas da modalidade já disputadas em Gudalajara e é favorito a mais dois ouros no sábado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.