Tamanho do texto

Cinthya Valdez sofreu uma lesão no tornozelo esquerdo em uma apresentação às vesperas do Pan-Americano

Cinthya Valdez, medalhista no Rio-07 e em Santo Domingo-03, é a esperança de pódio do México na ginástica rítimica nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara . Apesar de ainda se recuperar de um entorse no pé esquerdo, ela está confirmada para a competição individual, que começa neste sábado.

As ginastas fizeram nesta sexta-feira o treino de reconhecimento da arena que sediará as competições de ginástica no Pan e Cinthya, de acordo com a imprensa mexicana, chegou ao local com horas de atraso. Ela treinou, mas saiu sem falar com o jornalistas, apesar do assédio e dos flashes dos mexicanos.

A técnica Mónica Guzmán pediu compreensão aos jornalistas e disse que a atleta eatá 80% recuperada da lesão no tornozelo. "Ela estará pronta para o sábado. Estará com 95% da condição ideal. A única desvantagem em relação às rivais serão esses 5%", explicou a treinadora. "A dor, na escala de 0 a 10, está em três. Cinthya estará bem para competir", completou.

Mónica Guzmán ainda lembrou que a apresentação na qual a mexicana se machucou já fazia parte da agenda da atleta. "Isso poderia ter acontecido com qualquer um, inclusive comigo. Eu me machuquei nas escadas da Vila Pan-Americana", comentou.

A técnica disse ainda que os treinos de Cinthya Valdez não tiveram mudanças. "Aumentamos o nível aos poucos até chegar ao nível da competição. Ela não terá problemas".

As primeiras provas de ginástica rítmica já valem medalhas e estão programadas para este sábado, às 18h (horário de Brasília), com a apresentação de arco e bola. Pouco depois, às 20h, as ginastas se apresentam nas séries de maça e fita.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.