Tamanho do texto

Vela do Brasil confirma favoritismo no Pan e conquista seus dois primeiros ouros, por antecipação

Marcel Rizzo/ iG
Patrícia Freitas ganhou a medalha de ouro em sua estreia em Pans
O Brasil já tem suas primeiras medalhas de ouro na vela, modalidade com tradição em Pan-Americanos . Após liderarem com folga as regatas de suas classes durante a competição, os estreantes Matheus Dellagnello , Patrícia Freitas garantiram neste sábado o ouro nas águas de Puerto Vallarta, por antecipação.

Veja também: Matheus recebeu presente de outro campeão

Campeão mundial da classe Sunfish, Dellagnello aproveitou os ventos fracos do México, que são a sua preferência, para dominar amplamente a sua categoria. Ele venceu a nona regata e assegurou a medalha de ouro em seu primeiro Pan da carreira, com duas regatas de antecipação.

"Realizei meu sonho e não vejo a hora de ouvir o hino nacional no pódio. Pude competir no exterior e treinar com barco em casa para os Jogos. Vou comemorar bastante essa conquista", finalizou.

Leia mais: Patrícia nasceu nos EUA e é mascote do time

Patrícia , foi a 1º colocada na nona e décima regata deste sábado e não pode ser mais alcançada pelas outras competidoras, garantindo assim o título Pan-Americano na classe RS:X feminina.

"Eu estava bem preparada e focada no objetivo de ser campeã pan-americana. Meus resultados em 2011 são bons e provaram que estou pronta para alcançar a medal race (regata final) na Olimpíada de Londres", disse Patrícia Freitas, que lutará por uma vaga nos Jogos de 2012 no Mundial de Perth (Austrália), em dezembro.
Matheus Dellagnello conquistou o ouro por antecipação na classe Sunfish
COB
Matheus Dellagnello conquistou o ouro por antecipação na classe Sunfish


Brasileiros com mais chances de medalha neste domingo

Pela boa campanha no Pan até aqui, as embarcações das classes RS:X masculina e Hobie Cat já tem, pelo menos, a prata garantida no México. Ricardo Winicki, o Bimba , lidera a RS:X em busca do tri, na frente do argentino Mariano Reutemann. Já Bernardo Arndt e Bruno Oliveira continuam em 2º na Hobie Cat 16, atrás da dupla de Porto Rico.

A dupla da Snipe, Alexandre Tinoco e Gabriel Borges continua na 2º posição, porém estão na cola do time dos EUA.  Outro time do Brasil que está na vice-liderança é o quarteto comandado por Maurício Santa Cruz, na classe J24.

Acompanhe o blog do Rogério Romero

Na Lightning, o time liderado pelo veterano Cláudio Biekarck permanece em 3º. Já Bruno Fontes caiu para a 5º colocação geral na Laser. O velejador ficou na 4º posição nas duas regatas deste sábado e foi ultrapassado pelos atletas do Chile e Guatemala.

A classe Laser Radial, com a paulista Adriana Kostiw é a única que não tem mais chances de medalha no Pan. A velejadora ocupa a 11º colocação em sua categoria.

Neste domingo acontece a regata final da vela, a 'medal race', nas águas de Puerto Vallarta com a esperança de mais medalhas para o Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.