Tamanho do texto

Ruy Fonseca integrou a equipe campeã por equipes do CCE em Mar del Plata. Aos 38 anos, quer o bi no México

Conquistar uma medalha de ouro em Pan-Americanos não é uma novidade para o cavaleiro paulista Ruy Fonseca. Integrante da seleção brasileira de CCE (concurso completo de equitação), foi medalha de ouro por equipes nos Jogos Pan-Americanos de Mar del Plata, em 1995. Por isso, ele não pensa em outra coisa que não seja repetir a façanha nos Jogos de Guadalajara , a partir do próximo dia 14.

“O ouro é uma obsessão para mim. Consegui o ouro em Mar Del Plata, quero mais um”, disse o cavaleiro brasileiro, que treina na Holanda. O CCE é uma modalidade de hipismo que reúne provas de saltos, adestramento e cross-country.

Leia mais sobre hipismo no iG Esporte

Ruy destacou que a experiência poderá fazer a diferença a favor do Brasil em Guadalajara. “Eu, o Serguei Fofanoff e o Marcelo Tosi já somos experientes, sabemos lidar bem com a pressão de uma competição como o Pan. Assim, passamos mais tranqüilidade aos atletas mais jovens”, afirmou o atleta de 38 anos.

Além do ouro por equipes em Mar Del Plata, o CCE já faturou mais quatro medalhas em Pan-Americanos. André Luiz Giovanini faturou o bronze no individual, também na Argentina. Já em Winnipeg, em 1999, o Brasil foi prata por equipes. O país ainda conquistou dois bronzes, por equipes, nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, em 2003 e Rio de Janeiro, em 2007.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.