Tamanho do texto

Finais da modalidade são amplamente dominadas por atletas do Canadá e EUA

A primeira medalha de ouro do badminton em Guadalajara foi para o Canadá. A dupla formada por Michelle Li e Alex Bruce venceu as irmãs Iris e Rena Wang, dos EUA, por 2 a 0 e conquistou a sétima medalha dourada para o país nos Jogos Pan-Americanos .

Acompanhe o quadro de medalhas do Pan

O domínio de americanas e canadenses nas duplas foi supremo. O bronze ficou com Ko e Gao do Canadá e Lee e Obanana dos EUA, pois no badminton não há disputa pelo terceiro lugar em Pan-Americanos .

Leia mais: Revelação do badminton foi formada em projeto social no Rio

Nas duplas masculinas, os Estados Unidos ficaram com o ouro e a prata. Bach e Gunawan derrotaram Ho e Pongnairat, algozes dos brasileiros Daniel Paiola e Hugo Arthuso , por 2 a 0 e se consagraram como campeões pan-americanos . O bronze nas duplas foi para mexicanos e canadenses.

Veja também: Paiola é bronze para o Brasil no badminton

Nesta quinta-feira será a vez das finais do individual masculino e feminino em Guadalajara. Kevin Córdon, que venceu Paiola nas semifinais, é o grande favorito ao ouro no confronto frente ao cubano Osleni Guerrero. A canadense, Jocelyn Ko, que derrotou a brasileira Lohaynny Vicente , fará a final contra a compatriota Michelle Li, campeã nas duplas nesta quarta-feira.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.