Tamanho do texto

Delegação brasileira volta com apenas uma medalha, o bronze de Cesar Castro. México é o grande vencedor, com oito ouros

O México impressionou a todos no Pan 2011 e conquistou medalhas em todas as modalidades dos saltos ornamentais, foram oito ouros, três pratas e um bronze. Já o Brasil, apesar de ter mostrado que o esporte está crescendo no país, deixou Guadalajara apenas com uma medalha , o bronze de Cesar castro, na plataforma de 3 metros.

Na plataforma dos 10 m masculino, Hugo Parisi foi o sexto e Rui Marinho o 11º (último). Entre as mulheres, a dupla brasileira formada por Andressa Mendes e Natali Cruz fechou o salto sincronizado, no trampolim de 3 metros, na sexta colocação.  Juliana Veloso  também encerrou na sexta posição a competição do trampolim de 3 m.

Acompanhe o blog do Rogério Romero!

Com 20 anos, Bruna Brunnett surge como uma das grandes esperanças do Brasil na modalidade para futuras edições do Pan. Andressa também foi uma grata surpresa, a brasileirinha tem apenas 14 anos, ela foi a segunda atleta mais nova competindo em Guadalajara. 

Leia também:  Conheça as revelações do Pan que podem brilhar no futuro!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.