Rebeca Andrade será porta-bandeira do Brasil no encerramento da Olimpíada
[email protected] (O Dia)
Rebeca Andrade será porta-bandeira do Brasil no encerramento da Olimpíada

Medalhista de ouro e de prata nas Olimpíadas, a ginasta Rebeca Andrade falou sobre algumas curiosidades de sua vida para os seus seguidores, através da internet.

Ainda em Tóquio, a jovem, de 22 anos, citou a rotina de atleta, conquistas na competição e também comentou sobre sua vida pessoal. Rebeca, por exemplo, respondeu que "não" a um dos fãs que perguntou se ela estava namorando.

(Veja a galeria de fotos da atleta brasileira)

A atleta falou sobre o que mais a marcou nessas Olimpíadas: "Tiveram dois pontos: as medalhas, lógico. E a alegria das pessoas... Eles se abraçando e chorando, sentindo todo aquele momento, sabendo de tudo o que eu passei, sabendo que deu tudo certo". Rebeca, claro, também celebrou a escolha de seu nome para ser a porta-bandeira do Brasil na cerimônia de encerramento das jogos olímpicos .

Você viu?

"Fiquei super honrada", diz ela, antes de dar um gritinho a cantarolar uma musiquinha animada.

Nos registros, Rebeca falou ainda sobre religião, é evangélica, e da sua relação com Deus. Isso além de outras curiosidades como gostar de andar de avião, pizza ser o seu prato predileto, data de aniversário, sua timidez e altura: ela tem 1,55m. Contou que é a quinta entre oito filhos que a mãe teve.

A atleta comentou que teve alguns receios antes de voltar a treinar, após sofrer lesões. "Não digo medo, mas tive algumas inseguranças com alguns exercícios, o que é muito normal"

Rebeca falou que está muito feliz com o carinho que tem recebido dos admiradores. Agradeceu ao grande volume de afeto.

"Não sou perfeita, até porque ninguém é. Mas espero fazer a diferença, inspirar e ser uma luz no fim do túnel, assim como as pessoas que eu admiro são para mim."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários