Tamanho do texto

Israel Stroh, prata, e Danielle Rauen, bronze por equipes, assumiram a sexta colocação em suas classes em ranking de outubro da Federação Internacional

Mesatenistas Israel Stroh e Danielle Rauen subiram e agora são os sextos melhores do mundo em suas classes
Divulgação
Mesatenistas Israel Stroh e Danielle Rauen subiram e agora são os sextos melhores do mundo em suas classes

Os feitos históricos dos atletas brasileiros nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 ainda rendem bons frutos. Na última sexta-feira, a Federação Internacional Paralímpica de Tênis de Mesa (IPTTC, na sigla em inglês) divulgou o ranking mundial de outubro e os mesatenistas e medalhistas Israel Stroh, prata individual da Classe 7, e Danielle Rauen, da Classe 10, bronze por equipes da Classe 6-10, subiram bastante e agora são os sextos melhores atletas do mundo em suas respectivas categorias.

LEIA MAIS:  Barack Obama diz que escolha do Rio para Jogos foi 'manipulada'

Israel, que era o 12º colocado no ranking de setembro, fez uma campanha extraordinária nos Jogos Paralímpicos. Além de ter conquistado a prata, ele bateu o número 1 do mundo e medalhista de ouro, o britânico William Bayley, na fase de grupo (para quem perdeu na final). Já Danielle, que era a 8ª do mundo anteriormente, também derrotou uma grande adversária: a chinesa Xiong Guiyan, segunda do ranking da sua classe. Outros três mesatenistas também subiram na lista da IPTTC. 

LEIA MAIS:  Ouro no Rio, Martine e Kahena são indicadas ao prêmio de melhores do mundo

Iranildo Espíndola (Classe 2), que faturou um bronze por equipes na Classe 1-2, subiu da 14ª posição para a 13ª. Quem também pulou uma posição foi Luiz Filipe Manara (8), que com grandes atuações nos Jogos Rio 2016 saiu do 28º lugar para 27º. Já Diego Moreira (9) subiu duas posições. O atleta, que bateu o forte italiano Mohamed Amine Kalem (7º da 9) nos Jogos, subiu da 30ª colocação para a 28ª.

LEIA MAIS:  Rio 2016 estabelece novo patamar para o esporte olímpico e paralímpico

Confira abaixo o ranking de todos mesatenistas brasileiros que participaram dos Jogos Paralímpicos Rio 2016:

Aloísio Lima - Classe 1: 17º (0)

Iranildo Espíndola – Classe 2: 13º (+1)

Guilherme Costa - Classe 2: 15º (0)

Welder Knaf - Classe 3: 9º (-1)

David Freitas - Classe 3: 22º (0)

Claudiomiro Segatto - Classe 5: 14º (0)

Israel Stroh - Classe 7: 6º (+6)

Paulo Salmin - Classe 7: 13º (0)

Luiz Filipe Manara - Classe 8: 27º (+1)

Diego Moreira - Classe 9: 28º (+2)

Carlos Carbinatti - Classe 10: 17º (0)

Catia Oliveira -Classe 2: 7ª (0)

Thais Severo - Classe 3: 22ª (0)

Joyce Oliveira - Classe 4: 9ª (0)

Danielle Rauen - Classe 9: 6ª (0)

Jennyfer Parinos - Classe 9: 11ª (0)

Bruna Alexandre - Classe 10: 3ª (0)

MEDALHAS NO RIO

O Brasil terminou os Jogos Paralímpicos Rio 2016 na oitava colocação do ranking de medalhas, com 72 no total, sendo 14 de ouro, 29 de prata e 29 de bronze. Os mesatenistas conquistaram quatro dessas medalhas - uma de prata e três de bronze. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.