Tamanho do texto

Categoria rende um ouro, uma prata e dois bronzes ao anfitrião dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016

Petrúcio Ferreira
Reprodução
Petrúcio Ferreira

Atletismo, mais uma vez, rendeu medalhas para o Brasil no quarto dia de competição. Logo pela manhã, a torcida presente no Engenhão viu dois brasileiros subirem ao pódio na prova de 100m T47: Petrúcio Ferreira e Yohansson Nascimento. O primeiro levou o ouro e garantiu o recorde olímpico. O segundo ficou com bronze, mas por muito pouco não foi a de prata. Nascimento empatou com o polonês Michal Derus, com 10s79, mas no desempate o brasileiro ficou mesmo em terceiro lugar.

Confira agenda do Brasil dessa segunda de Paralimpíada

Teresinha levou bronze nos 100m rasos
Reprodução/Twitter
Teresinha levou bronze nos 100m rasos

Mais tarde, foi a vez de Teresinha de Jesus brilhar no 100m rasos, categorias d45, 46 e 47. Logo na largada, a favorita cubana Yunidis Castillo sentiu e deixou a disputa para trás. A brasileira aproveitou e correu como nunca para ficar com o bronze na prova - ouro foi para a americana Deja Young e prata para a polonesa Alicja Fiodorow.

Depois, o brasileiro Felipe Gomes conseguiu ficar com a prata nos 100m, classe T11 (atletas totalmente cego ou com pouquíssima visão). Ouro para o americano David Brown e bronze para Ananias Shikongo, da Namíbia.

Daniel Dias conquista quarta medalha na Paralimpíada do Rio 2016