Tamanho do texto

"Todos os resultados obtidos pelo atleta no Rio 2016 foram desconsiderados, o atleta foi excluído dos Jogos Olímpicos e seu credenciamento foi cassado", informou a CAS, a poucas horas do início da cerimônia de encerramento

Estadão Conteúdo

O atleta mongol Chagnaadorj Usukhbayar, do levantamento de peso, foi flagrado em teste antidoping no Rio de Janeiro, informou a Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês), neste domingo, último dia de disputas dos Jogos Olímpicos.

Atletas dos 5.000 metros que se ajudaram após queda recebem medalha de Fair Play

Com o resultado positivo para testosterona, o atleta de apenas 20 anos foi desqualificado da Olimpíada, perdendo os resultados obtidos na categoria até 56kg. O atleta competiu normalmente no Rio-2016, mas não chegou a brigar por medalha.

Chagnaadorj Usukhbayar, do levantamento de peso, foi flagrado em teste antidoping
Reprodução/Twitter
Chagnaadorj Usukhbayar, do levantamento de peso, foi flagrado em teste antidoping

"Todos os resultados obtidos pelo atleta no Rio-2016 foram desconsiderados, o atleta foi excluído dos Jogos Olímpicos e seu credenciamento foi cassado", informou a CAS, a poucas horas do início da cerimônia de encerramento da Olimpíada.

Com mais esta revelação de doping, os Jogos Olímpicos do Rio totalizam até agora sete casos de uso de substâncias proibidas por atletas. O número, contudo, pode aumentar com a realização de mais exames.

As amostras dos esportistas têm sido guardadas por até dez anos para reanálises a medida que surgem novas tecnologias e novos compostos ilícitos que podem beneficiar ilegalmente o desempenho dos atletas. Recentemente, foram revelados pela Agência Mundial Antidoping (Wada) casos de doping flagrados ainda nos Jogos de Pequim-2008 e Londres-2012.